Portas Abertas com Marcelo Santos

28/01/2020

Durante as últimas cinco semanas de 2019, no segundo andar da Fotoativa, o artista Marcelo Santos desenvolveu uma pesquisa intitulada “Quando pensei que não tinha falo”, durante  residência artística do projeto Marca D’Água, em que aborda relações de identidade, memória, família e sexualidade. Como parte do compartilhamento da pesquisa, Marcelo participa na próxima terça-feira, dia 28 de Janeiro, do Fotoativa Portas Abertas, às 19h, para um relato do processo artístico aberto ao público em geral.

 “A ideia começou a partir da minha inquietação de frequentemente olhar os álbuns de família lá de casa. A gente tinha muito costume de mostrar os álbuns para as visitas, mas isso foi se perdendo. Então eu comecei a guardar as fotos pra mim e olhando de vez em quando percebi que algumas imagens me deixavam muito intrigado.”, conta Marcelo. A partir dessa inquietação inicial, a pesquisa culminou em uma instalação com objetos, fotos, diários e outros materiais que se relacionam, complementando e dialogando com as imagens de infância.

A proposta inicial do convite para a residência surgiu da “vontade de fomentar um processo de criação dentro do projeto Marca D’Água com visas a produzir uma publicação”, explica José Viana, articulador do projeto voltado para circulação de publicações impressas autorais e independentes. “O Marcelo já tinha uma pesquisa em andamento pelo Laboratório de Projetos, então a residência foi uma proposta de aprofundamento no processo, que deve ainda culminar numa publicação”, complementa. 

SERVIÇO
Portas Abertas com Marcelo Santos
Dia 28 de Janeiro, às 19h
Associação Fotoativa – Praça das Mercês, nº 19
Link
Próximos Eventos »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.9%