-
09/12/2019 às 16h30min - Atualizada em 09/12/2019 às 16h30min

Registro de empresas no Pará será 100% digital

O cronograma de implantação dos serviços exclusivamente digitais será iniciado em janeiro 2020

Agência Pará
Com edição do belem.com.br
A iniciativa visa extinguir a utilização de papel gradativamente na entrada de documentos e atos empresariais (Foto: Internet)
  
A Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa) inicia a implantação do calendário do projeto e-Jucepa, que torna obrigatório o uso do registro digital de empresas, extinguindo a utilização de papel gradativamente na entrada de documentos e atos empresariais. Isso significa que abrir, alterar ou fechar empresa no Estado ocorrerá de forma 100% digital.
 
O cronograma de implantação dos serviços exclusivamente digitais será iniciado em janeiro 2020, com todos os processos recebidos somente por meio eletrônico, assinados por um certificado digital que terá a mesma validade jurídica do documento em papel assinado de próprio punho.
 
Para o secretário geral da Jucepa, Fernando Velasco, com a Junta Digital implantada, o usuário terá muito mais vantagens. “O processo é inovador e vai trazer mais agilidade e segurança ao registro mercantil, pois além de descartar a necessidade do empresário se deslocar em busca de atendimento presencial, o serviço online reduz custos, prazos de entrega de documentos e permite o acompanhamento do fluxo do processo de forma rápida e online”, ressalta.
 
No aspecto jurídico, a medida facilitará a redução de fraudes tendo em vista que a assinatura dos processos será realizada por meio da certificação digital, dando mais segurança aos contribuintes que buscam pelos serviços da Junta Comercial.
 
Essa mudança ocorrerá por etapas para que os usuários da Jucepa possam ir se habituando ao formato 100% digital com mais facilidade.
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

68.2%
4.5%
0%
9.1%
18.2%