-
09/12/2019 às 14h41min - Atualizada em 10/12/2019 às 15h18min

Modelo trans e ex-militar, Jessica Barros revela detalhes do seu primeiro livro “Fui barrada no aeroporto por ser trans”

Livro da modelo Jessica Barros será lançado em março de 2020.



A modelo e Miss Brasil Transex está prestes a lançar a sua primeira biografia que conta um pouco sobre a sua história e transição. Antes do lançamento, a modelo já revelou alguns fatos polêmicos da sua vida que estarão contados no livro. Um deles, foi sobre um episódio de transfobia no aeroporto. “Na primeira vez que viajei para Londres meu passaporte ainda tinha o nome masculino. Foi então que os policiais na imigração me barraram, pois não entendiam a situação. Eles falavam que estavam vendo uma mulher no aeroporto, mas com nome de homem no passaporte, chegaram até pensar que eu era uma terrorista, fiquei mais de 6 horas presa”, conta em detalhes na sua obra.

Jessica foi ex-militar na Marinha do Brasil – Capitania dos Portos quando se identificava como pertencente ao gênero masculino. Ela também conta na obra detalhes de como era a sua rotina nesse período. “Como fiz parte da escola de Aprendiz da Marinha, a gente começava o dia com uma faxina geral, muito exercício e treinamento”. No livro ela conta que na época servindo o país não houve nenhum tipo de preconceito.

“Lembro que quando estava no aeroporto, depois que a tradutora chegou e explicou aos policiais que se tratava de um caso de transexualismo, eles ficavam me olhando e comentando entre eles que eu era homem”, relata em seu livro.

A brasileira foi coroada recentemente como a “Eterna Miss Brasil Transex”. Ela ganhou o concurso em 2006 e decolou com a sua carreira desde então.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

66.7%
4.8%
0%
9.5%
19.0%