-
20/12/2019 às 16h00min - Atualizada em 20/12/2019 às 16h00min

Tucuruí apoia jogos culturais da etnia Assurini

Disputam seguem até este domingo (22), com várias modalidades esportivas

Selma Amaral
Jornalista do belem.com.br
A etnia Assurini da aldeia Trocará reúne 685 indivíduos com supremacia de jovens e crianças (Foto: Divulgação)
   
A etnia Assurini, que habita a aldeia Trocará, localizada na jurisdição do município de Tucuruí, na região do Baixo Tocantins paraense, está realizando, até o próximo domingo (22), as disputas pelos 8º Jogos Culturais Internos. O evento é uma forma de manter vivas as tradições como canto, dança, ritual de pajelança, disputas em arremesso de lança, arco e flecha, além das modalidades mais comuns, como futebol e as provas de corrida de 200 e 5 mil metros. A etnia Assurini da aldeia Trocará reúne 685 indivíduos com supremacia de jovens e crianças. O cacique Kajuangawa é o líder da comunidade.
 
Os jogos começaram no início da semana, com apresentação cultural, depois foram realizadas as disputas de futebol com equipes masculina e feminina e provas de arco e flecha entre os guerreiros. As disputas de cabo de guerra, arremessos de lança e as corridas de duzentos e cinco mil metros seguiram até esta sexta-feira (20). Os vencedores das provas se classificaram para as partidas finais de domingo. A programação será aberta às 8h.
 
Segundo Júlio Pinheiro, servidor da prefeitura municipal de Tucuruí que trabalha na aldeia, os jogos são importantes porque mobilizam a comunidade, levam alegria e servem também de preparação as futuras competições tradicionais indígenas dentro e fora do Pará.
 
Os indígenas da etnia Assurini circulam bastante pela zona urbana de Tucuruí, devido à proximidade da aldeia com a cidade. As crianças frequentam as aulas nas escolas municipais e recebem atenção especial e diferenciada, segundo informou o secretário de Educação, Roberval Marco. As mulheres têm grande habilidade na arte da pintura corporal e são muito demandadas por turistas e visitantes na aldeia. A prefeitura municipal de Tucuruí apoia a programação esportiva indígena. O prefeito da cidade, Artur Brito, deverá acompanhar o evento na aldeia Trocará.
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

68.4%
0%
0%
10.5%
21.1%