-
26/12/2019 às 11h48min - Atualizada em 26/12/2019 às 11h48min

Belém teve seu primeiro grito de Carnaval

Bloco Império Romano tradicionalmente sai pelas ruas da cidade no dia 25 de dezembro, já como preparação para o Carnaval

Rosa Borges
Jornalista do belem.com.br
Segundo a organização, cerca de 40 mil pessoas participaram da festa (Foto: Divulgação)
O dia 25 de dezembro em Belém do Pará é animado pelo desfile do bloco Império Romano. Uma tradição que já dura 49 anos e conseguiu reunir, este ano, cerca de 40 mil pessoas, segundo estimativas da Polícia Militar e da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob). 
 
Diego Moscoso, que faz parte da diretoria do bloco, se disse surpreso com a quantidade de brincantes. "Com base no desfile do ano passado, não esperávamos a enorme quantidade de pessoas que estiveram presentes", revelou. 

Os brincantes se concentraram na rua Municipalidade com a travessa Soares Carneiro, seguiram pela avenida Senador Lemos, travessa Dom Pedro I, avenida Generalíssimo Deodoro, travessa Antonio Barreto, terminando na Avenida Doca de Souza Franco com Diogo Moia. 
 
Antigamente, o encerramento acontecia no Bar do Parque, mas a diretoria do bloco resolveu mudar por conta de ser inviável desfilar pela avenida Governador José Malcher com tantos brincantes. "O trajeto que encerrava no Bar do Parque está suspenso há sete anos, pois é complicado descer a Governador José Malcher com 40 mil pessoas", disse Diego Moscoso.
 
O desfile de ontem do Império Romano foi animado pela bateria da Associação Carnavalesca A Grande Família.
 
Diego descreve ainda como surgiu a ideia de criar o bloco, no qual o uso de fantasias de soldados romanos é comum. "Tudo começou com uma simples reunião de amigos, que, vestidos de romanos, saíram às ruas de Belém para brincar o Carnaval. E daí alguém gritou: 'olha o império romano' , e assim batizaram o bloco", contou. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O Círio 2021 está na porta e o Belém quer saber: qual a melhor comida do Círio na sua opinião?

78.6%
21.4%