-
27/01/2020 às 09h58min - Atualizada em 27/01/2020 às 09h58min

Circuito quer qualificar o Carnaval e a cena musical paraense

Atividades serão realizadas sempre às terças-feiras, às 18h, no Núcleo de Conexões Na Figueredo

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
O DJ Zek Picoteiro será o primeiro a ministrar oficina no projeto do Circuito Mangueirosa (Foto: Reprodução/Facebook)
  
O Circuito Mangueirosa vai realizar, a partir desta semana, encontros para debate e qualificação da cena musical, colocando em foco o carnaval paraense. Trazendo oficinas, mesas redondas e workshops, eles serão realizados sempre às terças-feiras, às 18h, no Núcleo de Conexões Na Figueredo, nos dias 28 de janeiro e 4, 11 e 18 de fevereiro.
 
A primeira oficina, nesta-terça-feira (28), será a de discotecagem com o DJ Zek Picoteiro, que vai fazer uma introdução à discotecagem digital desde montagem de playlists à mixagem básica de músicas paraenses.
 
Produtor cultural que já trabalhou com Dona Onete, Strobo, Felipe Cordeiro, Molho Negro e Gang do Eletro, Zek Nascimento é um apaixonado pela música paraense e vem esquentando as pistas de Belém, botando no play todas as vertentes e influências do Brega, passando pelo Tecno, Melody, Cumbia, Lambada, Merengue e Carimbó. Atualmente, é o DJ oficial da Lambateria, festa que ganhou bloco e desfila no dia 22 de fevereiro no Circuito Mangueirosa.
 
No dia 04 de fevereiro, será a vez da oficina “Mídia e Artistas: produção de conteúdo para a imprensa”, ministrada pela jornalista Sonia Ferro. Repórter da TV Cultura há 14 anos, Sonia, que é produtora da Lambada Produções, trabalhou na reportagem do programa “Cultura Pai D´Égua” e “Invasão” e em transmissões ao vivo de eventos como Festival de Ópera, Festival Cultura de Verão e Terruá Pará.
 
A oficina vai falar sobre o relacionamento do artista com a imprensa e sobre produção de conteúdo, como releases e sugestões de pauta, e contará com a participação do jornalista cultural Gustavo Aguiar, com experiência em jornal impresso, rádio e assessor de imprensa do Festival Se Rasgum e Sonido. É um dos diretores da Urtiga Music Business, agência de marketing e comunicação para o universo musical.
 
No dia 11 de fevereiro, o assunto será produção de eventos. Representantes das seis produtoras que realizam o Circuito Mangueirosa (Bando Mastodontes, Bloco Filhos de Glande, Lambada Produções, Meachuta, Melé Produções e Se Rasgum Produções) irão participar da mesa “Circuito Mangueirosa: Como realizar esse rolê!”, onde serão apresentadas a estrutura que envolve o Circuito e  os cuidados para o sucesso de um evento.
 
Encerrando a programação, no dia 18 de fevereiro, o Circuito Mangueirosa vai realizar a mesa “Carnaval de Belém: Passado, Presente e Futuro”, em que será debatido o Carnaval da capital, que já viveu um tempo áureo e que vem se reinventando e buscando alternativas sustentáveis de valorização da cultura paraense.
 
 
Programação Atividades Extras Circuito Mangueirosa 2020
 
28/jan - 18h às 22h – Oficina de Discotecagem com DJ Zek Picoteiro
 
04/fev - 18h às 21h – Oficina “Mídia X Artistas: produção de conteúdo para a imprensa” com a jornalista Sonia Ferro e participação de Gustavo Aguiar
 
11/fev - 18h às 21h – Mesa “Circuito Mangueirosa: Como realizar esse rolê!” com representantes das produtoras Bando Mastodontes, Bloco Filhos de Glande, Lambada Produções, Meachuta, Melé Produções e Se Rasgum Produções
 
18/fev - 18h às 21h – Mesa “Carnaval de Belém: Passado, Presente e Futuro”
 
Serviço:
As atividades extras do Circuito Mangueirosa serão realizadas nos dias 28 de janeiro, 04, 11 e 18 de fevereiro, a partir das 18 horas, no Núcleo de Conexões Ná Figueredo (Av. Gentil Bittencourt, 449 - Nazaré). Inscrições gratuitas: https://www.ingresse.com/atividades-extras-circuito-mangueirosa#comprar. Informações: (91) 99300-9509 / 98026-1595.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.6%