-
05/02/2020 às 14h17min - Atualizada em 05/02/2020 às 14h17min

Cine Líbero Luxardo se despede do aclamado "Parasita" e traz novidades à programação

"Bixa Travesty" é o documentário elogiado que conta a incessante luta de Linn da Quebrada

Ascom Fundação Cultural do Pará
Com edição do belem.com.br
A cantora transexual negra Linn da Quebrada estrela o documentário "Bixa Travesty" (Foto: Divulgação)
    
A programação do Cine Líbero Luxardo aguarda o público com novidades e muitas emoções com as estréias da semana. Elas ficam por conta de “Bixa Travesty” e “Adoráveis Mulheres”.

O primeiro é o documentário elogiado que conta a incessante luta de Linn da Quebrada contra esteriótipos de gênero, classe e raça em seu papel social de cantora transexual negra. Já “Adoráveis mulheres” conta como as irmãs Jo, Beth, Meg e Amy amadureceram com suas lutas particulares em um cenário de guerra civil nos Estados Unidos.

Quem se despede da programação desta semana são as obras "Retrato de Uma Jovem em Chamas" e "Parasita", com sessões até esta quarta-feira, 5 de fevereiro, respectivamente às 15h20 e 17h30.

Outro filme presente nas sessões regulares é “O Paraíso Deve Ser Aqui”, de Elia Suleiman. Lembrando que o projeto Sessão Platéia garante entrada gratuita para estudantes nas sessões de estreia, enquanto os demais ingressos regularmente têm o valor de R$ 12 e meia-entrada de R$ 6, disponíveis sempre uma hora antes do início do filme.
 
Serviço:
Sessões Regulares – Cine Líbero Luxardo
 
Retrato de uma jovem em chamas
Classificação: 16 anos;
Data: 05 de fevereiro;
Horário: 15h20.
 
O Paraíso deve ser aqui
Classificação: 12 anos;
Data: 05 de fevereiro, às 20h;
06, 07, 08, 09, 11, 12 de fevereiro, às 16h30.
 
Parasita
Classificação: 16 anos;
Data: 05 de fevereiro;
Horário: 17h30.
 
Bixa Travesty
Classificação: 18 anos;
Data: 06, 07, 08, 09, 11, 12 de fevereiro
Horário: 18h30.
 
Adoráveis Mulheres
Classificação: 10 anos;
Data: 06, 07, 08, 09, 11, 12 de fevereiro
Horário: 20h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.2%
1.5%
3.1%
1.0%
57.7%