-
06/02/2020 às 19h00min - Atualizada em 06/02/2020 às 19h00min

Bando Mastodontes sobe ao palco da Casa Mangueirosa nesta sexta (7)

Grupo paraense realiza baile de Pré-Carnaval que traz uma prévia do Bloco Manada e o lançamento do single inédito “Pecados de Adão”

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
O Bando Mastodontes lança esse ano o seu primeiro disco completo (Foto: Gilberto Guimarães Filho)
    
Como bons brasileiros, os integrantes do Bando Mastodontes começam o seu 2020 com um ato de Carnaval. É o Baile Manada, que acontece nesta sexta-feira (7), na Casa Mangueirosa, com participações especiais da banda Nação Ogam e do cantor Eloi Iglesias. A folia, que também terá a bateria da escola de samba Bole Bole, antecipa o clima do Bloco Manada, que é parte da programação do Circuito Mangueirosa. Os ingressos antecipados custam R$ 10.

Pecados de Adão

E por falar em Eloi Iglesias, o cantor e performer viverá nessa festa um momento especial junto com o Mastodontes. É que o evento também marca o lançamento de um single inédito com a versão do Bando Mastodontes para “Pecados de Adão”, clássico da música popular paraense eternizado na voz de Eloi.

“Somos muito fãs do Eloi. A pergunta que fica: ‘quem não é?’ (risos)”, pergunta Adhara Belo, uma das vocalistas do Bando, que explica mais sobre o lançamento da homenagem. “Musicalmente, essa versão traz um arranjo diferente, bem chiclete, pra ficar na cabeça mesmo”, conta. Ela também lembra que a música faz parte da cultura popular.
 
“Todo paraense tem memória com ‘Pecados de Adão’ - pode ser uma vez que dançou em um baile, a recordação de parentes curtindo em uma confraternização, ou mesmo uma das inúmeras vezes que tocou na rádio. Resolvemos eternizar nosso respeito e admiração por esse artista que é de extrema importância pra cena da cidade. Eloi tem uma fala de muita representatividade e que precisa ser ouvida. Esperamos que ele goste”, comenta a vocalista.

Adhara ainda lembra que Eloi estará no palco junto com o Bando na noite, no que promete ser uma performance arrebatadora para os entusiastas da música regional do Pará. “Vai ser um grande momento. Sempre tentamos nos apresentar juntos e finalmente vai acontecer”, explica.

Manada

Adhara explica que, mais do que um grito de Carnaval, o Manada é um ato do Bando Mastodontes que transcende a música e se apresenta em forma de ação cultural. “O Bando tem no sangue a necessidade de fortalecer programações acessíveis em Belém e o Manada é nossa grande realização nesse aspecto, seja em formato de baile ou o principal, que é o Bloco mesmo”, resume.

“Essa é uma festa que promove acesso à cultura de forma democrática e livre, que comunica nossos ideais e posturas. É um ato político de resistência que é importantíssimo e vai além da música. É realização mesmo”, explica ela, que ainda completa deixando no ar o maior desejo do Bando para o Bloco Manada. 

Disco novo

Depois do Carnaval e das atividades no Circuito Mangueirosa, ainda tem mais Natura Musical na vida do Mastodontes. Também com apoio obtido através da aprovação de Edital, o Bando lança esse ano o seu primeiro disco completo, que começa a ser produzido logo após a realização do Mangueirosa. 

“Esse disco promete muito pra nós porque vai trazer uma nova fase, um outro Bando Mastodontes, com músicas além das que temos tocado nas festas. Tem música pra botar no colo, música pra curtir as viagens da cabeça e do corpo, música sobre nossos anseios, pra enaltecer nossos ancestrais, lembrar da nossa jornada, de onde viemos... quem nos acompanha sabe que somos mais do que música pra dançar e a ideia é fazer um disco pra celebrar o núcleo criativo do Bando Mastodontes”, diz Adhara.

Serviço:
Baile Manada: Bando Mastodontes + Nação Ogam + Eloi Iglesias. A partir das 21h. Ingressos antecipados $10. A Casa Mangueirosa fica na Praça Waldemar Henrique (Tv. Praça W Henrique, 2-42 - Reduto – antigo Porto Music).
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Você concorda com o adiamento das eleições municipais para novembro?

85.6%
14.4%