-
08/02/2020 às 16h00min - Atualizada em 08/02/2020 às 16h00min

Projeto conta a lenda da Iara para crianças neste domingo (9)

O objetivo é resgatar e valorizar o potencial cênico das lendas amazônicas da região Norte

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
Os professores Isadora Lourenço e Marcus Hatuna (Foto: Divulgação)
Os professores de teatro da Escola O Bardo, Isadora Lourenço e Marcus Hatuna, desenvolveram o projeto cênico Narrativas Amazônicas que irá contar histórias que envolvem a cultura e o folclore da região Norte do Brasil. O objetivo é divulgar esses temas às novas gerações e disseminar o respeito à fauna e flora da região.

Neste domingo (9), Isadora e Marcus vão contar a lenda de Iara na programação infantil do Espaço Criança, no 3º piso do Castanheira Shopping, a partir das 17 horas. A entrada é aberta ao público. Será a primeira vez que o espetáculo "Iara Mãe D'água" será apresentado.

"Para tanto, teremos como guias nesse passeio pelas lendas amazônicas os irmãos José e Josiane, filhos de Dona Mariazinha, que vieram passar as férias na capital paraense. Vindas de Afuazinho do Norte, as crianças têm muitas histórias para contar", revela Isadora, que interpreta Josiane.

"Montamos esse projeto sobre lendas amazônicas exatamente para este espaço, por conta da acessibilidade que o shopping apresenta, e assim, afirmar e valorizar a potência teatral dos contos regionais, levando conhecimento para as crianças e adultos sobre a Região Norte.", ressalta Isadora.

Sobre a lenda da Iara

Também conhecida como lenda da Mãe D'água, a história faz parte do folclore amazônico e é uma das mais populares.

Iara ou Yara, do indígena Iuara, significa "aquela que mora nas águas". É uma sereia (metade mulher, metade peixe) que vive nas águas amazônicas.

Com longos cabelos pretos e olhos castanhos, a sereia Iara emite uma melodia que atrai os homens, que ficam rendidos e hipnotizados com seu canto e sua voz doce.

Serviço: "Iara, Mãe D'água" será apresentado neste domingo (9), a partir das 17 horas, no Espaço Criança – 3º piso do Castanheira Shopping (BR 316 - km 01 – s/n). A entrada é franca. Contatos: (91) 4008-8100/ 8101.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

66.7%
4.8%
0%
9.5%
19.0%