-
-
11/02/2020 às 14h32min - Atualizada em 11/02/2020 às 14h32min

Concurso de Marchinha promove inclusão social na Terra Firme

O julgamento e as marchinhas classificadas em primeiro, segundo e terceiro lugar serão conhecidas neste sábado (15)

Kid Reis - Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
Além das marchinhas, as ações inclusivas envolvem, ainda, rodas de conversa, cantorias, oficinas de educação, esporte, entre outras (Foto: Divulgação)
      
O Movimento Cultural Boi Marronzinho encerra nesta sexta-feira (14), às 15 horas, as inscrições para o Concurso de Marchinha carnavalesca, que marcará o III Marronzinho Folia. Em seguida, ocorrerá o ensaio geral no Espaço Curral Cultural, localizado na sede do Boi Marronzinho, na Passagem Brasília, 170, no bairro da Terra Firme. Com 26 anos de trabalho no bairro e inovando na organização, as inscrições podem ser feitas com o envio do áudio e da letra para o WhatsApp (91) 98128-9189 e as marchinhas devem ser autorais e inéditas. Estão inscritas oito marchinhas, que serão julgadas por uma banca formada por membros da comunidade.

O julgamento e marchinhas classificadas em primeiro, segundo e terceiro lugar serão conhecidas no sábado (15), a partir das 16 horas, na sede do Boi Marronzinho. Em seguida ocorrerá baile de carnaval infantil. Este ano, a organização Movimento Cultural Boi Marronzinho estabeleceu como tema Marronzinho Júnior, o Boizinho da Inclusão. Poderão ser abordados nas marchinhas temas como: autismo, asperger, deficiências visual, física, motora, intelectual, entre outras. A linguagem deve ser acessível e informativa ao público infanto-juvenil como ferramenta de inclusão social, fortalecimento da cultura e da participação popular na comunidade.

O Projeto Marronzinho Júnior foi contemplado no Prêmio Preamar de Cultura, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura do Pará (Secult), e conta com o apoio Grupo Multivercidades. Além das marchinhas, as ações inclusivas envolvem, ainda, rodas de conversa, cantorias, oficinas de educação, esporte, orientações de saúde e meio ambiente, direito à cidade, direitos e deveres das crianças, entre outras. Serão distribuídos 350,00 em prêmios como estimulo à participação comunitária, informa Joélcio Santos, sociólogo e membro do Movimento Cultural Boi Marronzinho.
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Belém tem mais de 200 praças. Você concorda que a praça ainda é o lazer mais barato para as famílias em Belém?

93.3%
6.7%
-
-
-
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Dúvidas? Nos envie uma mensagem explicando a informação que você precisa!