-
-
05/06/2020 às 08h00min - Atualizada em 05/06/2020 às 08h00min

Shoppings e salões de beleza reabrem no sábado (6) em Belém

Centro comercial tem novo horário de funcionamento e SeMOB restringe acesso de ônibus no Ver-o-Peso

Agência Belém
Com edição do belem.com.br
Além do desvio nas linhas de ônibus, a SeMOB manterá os bloqueios de trânsito na área do Ver-o-Peso (Foto: Fernando Sette/ Agência Belém)
      
Em nova reunião na tarde desta quinta-feira (4), entre o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, representantes dos shoppings centers e salões de beleza da capital, além dos profissionais das Secretarias Municipais de Economia (Secon) e Saúde (Sesma), foi decidido pela abertura dos shoppings centers e salões de beleza no próximo sábado, 6. 

Com a decisão, os shoppings devem funcionar das 12h às 20h e os salões de beleza e barbearias das 9h às 20h. Já o centro comercial da cidade terá um novo reforço na fiscalização e organização dos ambulantes. O horário do centro comercial também mudou. A partir desta sexta-feira, 5, o funcionamento será das 9h às 16h. “Vamos organizar o trânsito com o fechamento de algumas vias e reduzir o horário do comércio. Esperamos com tudo isso alcançar o equilíbrio”, disse Zenaldo Coutinho.

Novas medidas podem ser tomadas caso as ruas do centro comercial voltem a registrar o descumprimento do protocolo, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, álcool em gel e as medidas de distanciamento.
Ainda sobre os shoppings, o prefeito Zenaldo Coutinho pontuou que os estabelecimentos devem fazer um controle rigoroso do acesso e circulação, com protocolos para medir temperatura, higienização e respeito de espaço entre consumidores, assim como a disponibilidade de álcool gel. “Não vão abrir ainda nessa etapa os parques, cinemas e restaurantes”, completou.

Ver-o-Peso


Para restringir o acesso ao centro comercial de Belém e estimular a manutenção do isolamento social consciente, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) irá diminuir o acesso de ônibus à área do Ver-o-Peso a partir desta sexta-feira (5), no horário de 8h às 17h. Neste período, inicialmente 20 linhas que teriam como destino a avenida Tamandaré farão desvio ainda na avenida Presidente Vargas e acessarão as avenidas Nazaré ou Gentil Bittencourt (via Serzedêlo Correia), seguindo seus itinerários de volta à origem.

As linhas que serão desviadas na avenida Presidente Vargas são CPD Providência/Ver-o-Peso, Canudos/Ver-o-Peso, Pratinha/Ver-o-Peso, Bengui/Ver-o-Peso, Satélite/Ver-o-Peso, Tenoné/Ver-o-Peso, Tapanã/Ver-o-Peso, Icoaraci/Ver-o-Peso, Paracuri/Ver-o-Peso, Conjunto Eduardo Angelim/Ver-o-Peso, Canarinho-Tapajós/Ver-o-Peso, Marambaia/Ver-o-Peso, Jaderlândia/Ver-o-Peso, Jardim Sideral/Ver-o-Peso, Tapajós/Ver-o-Peso, Conjunto Maguari/Ver-o-Peso, Sacramenta/Humaitá, Guamá/Ver-o-Peso e Maguari/Estivadores. A linha Marex/Presidente Vargas seguirá na Boulevard Castilhos França, mas fará o retorno operacional ao lado da antiga sede do jornal O Liberal.  

As linhas que trafegam pela Cidade Velha e avenida 16 de Novembro até a Praça Amazonas ficarão mantidas, assim como algumas poucas linhas que trafegam pela Tamandaré, para não desabastecer em especial quem reside no local. Além do desvio nas linhas de ônibus, a SeMOB manterá os bloqueios de trânsito nas ruas 13 de Maio, Manoel Barata, 15 de Novembro e Frutuoso Guimarães, para não permitir o tráfego de veículos na área do centro comercial. Ao todo a SeMOB atua nesta operação com 20 profissionais, entre agentes de trânsito, agentes de transporte e apoiadores operacionais, além de cinco viaturas.

A SeMOB alerta ainda que essas mudanças são necessárias como medida no combate ao novo Coronavírus e se adequam ao novo horário de funcionamento das lojas no centro comercial, que a partir desta sexta-feira (5), segue de 8h às 16h. As alterações serão monitoradas pela SeMOB para ajustes a qualquer momento e, caso necessário, a restrição na área ainda poderá ser ampliada nos próximos dias.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor do isolamento social?

52.8%
46.6%
0.7%
-
-
-