-
-
29/06/2020 às 20h00min - Atualizada em 29/06/2020 às 20h00min

Jornalistas paraenses lançam Podcast sobre a Amazônia

A iniciativa pretende ser um canal de referência a respeito de debates e entrevistas pautadas na perspectiva da região amazônica

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
O programa de estreia falará sobre a pandemia da covid-19 nas populações indígenas da Amazônia (Foto: Tarso Sarraf)

Os jornalistas paraenses Adison Ferreira, Eraldo Paulino e Felipe Melo lançam, nesta terça-feira (30), o podcast Carta Amazônia. A iniciativa, disponível nas principais plataformas de streaming, pretende ser um canal de referência a respeito de debates e entrevistas pautadas na perspectiva da região amazônica.

Os idealizadores do projeto já somam dez anos experiencia profissional. Adison foi repórter do Diário Pará, Agência Pará e assessor de comunicação de duas Usinas Hidrelétricas na Amazônia. Eraldo já atuou na redação do Diário do Pará e nas assessorias de comunicação da Cáritas Diocesana de Crateús (CE) e do Movimento Xingu Vivo para Sempre. Já Felipe Melo acumula experiencias como produtor de rádio Cultura FM e repórter da editoria de esporte do Diário Online (DOL), em Belém.

“Falar de Amazônia é falar de vários assuntos ao mesmo tempo. De política à meio ambiente, de cultura à economia, todos esses temas atravessam a temática Amazônia e mostram o tamanho da diversidade de assuntos relacionados a essa região”, explica Eraldo.

“A ideia é produzir conteúdo jornalístico crítico e independente, focado numa mídia ainda pouco consumida regionalmente, como o podcast, mas com grandes expectativas de crescimento “, afirma Ferreira.
 
Lançamento

O primeiro episódio do Carta Amazônia entra no ar nesta terça-feira (30) e estará disponível no Spotify, Sound Cloud, Castbox, Google Podcast ou no agregador preferido de cada usuário. O programa de estreia falará sobre a pandemia da covid-19 nas populações indígenas da Amazônia.


 
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor do isolamento social?

52.8%
46.6%
0.7%
-
-
-