-
19/11/2020 às 10h06min - Atualizada em 19/11/2020 às 10h06min

Confira 5 dicas de especialistas para consumidores na Black Friday

Clientes devem ficar atentos para não comprar fora do orçamento

Assessoria da Instituição
Com edição do Belém.com.br
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
   
Neste ano, o dia 27 de novembro foi a data escolhida para a realização da Black Friday no Brasil. Surgida nos Estados Unidos, esta ação que oferta super descontos caiu no gosto de empresários e clientes brasileiros. Mas os especialistas recomendam: é necessário planejamento da parte dos consumidores e ofertas reais nas lojas, para que todos saiam ganhando nesse período promocional. Então, confira abaixo cinco dicas para sair satisfeito na Black Friday 2020:

1 - Planeje o seu orçamento e não haja por impulso

Para Sarlyane Braga, professora universitária de economia da Estácio, os consumidores devem se organizar para comprar o que realmente precisam nessa época e não estourar o orçamento. "Promoção é algo que seduz os olhos, então, se esse cuidado não for tomado, as pessoas acabam perdendo o controle financeiro. E, se forem comprar no cartão de crédito, que tomem cuidado para comparar o limite que o cartão oferece com a renda atual da pessoa. Se o cartão de crédito não for bem utilizado, pode ser uma armadilha por causa dos parcelamentos", afirma. 

2 - Acompanhe o preço dos produtos nos dias que antecedem a Black Friday

A principal dica da professora de economia é a pesquisa em diferentes lojas (online e física) antes de fechar a compra. "É muito frustrante comprar de primeira e depois encontrar o mesmo produto com um desconto ainda maior. Por isso, o recomendado é que os consumidores façam pesquisa de preço e verifiquem os descontos", explica a especialista.

3 - Cuidado com lojas online falsas

Com as vendas online cada vez mais populares, os golpistas também se tornam cada vez mais criativos. Segundo o Instagram, por exemplo, a rede social possui mais de 25 milhões de perfis voltados para negócios. No entanto, dentre tantas ofertas, é preciso tomar certos cuidados. As denúncias por fraude aumentaram e muitas pessoas acabam comprando produtos que não condizem com o que foi anunciado e, muitas vezes, nem mesmo chegam ao consumidor.

Procure comprar sempre em lojas consolidadas, pesquisando na internet sobre as mesmas para ter certeza que trata-se de um negócio legítimo, usando sites como o  Reclame Aqui, que possuem avaliações sobre empresas e relatos sobre golpes e a lista Evite Esses Sites da Procon. Esses cuidados devem ser redobrados com anúncios que cheguem por e-mail ou redes sociais, já que são facilmente forjáveis.

4 - Fique atento às falsas promoções

Para o professor da Faculdade de Direito da Estácio, Dyogo Henrique Tinoco, as pessoas devem ficar atentas aos preços fora do comum. "Mesmo sendo uma data em que os produtos têm preços mais baixos que em outras situações, sempre têm um limite. Ofertas com valores muito abaixo da média devem ser vistas com mais cuidado", orienta.

A professora Sarlyane lembra que é necessário também se atentar quais produtos oferecidos na Black Friday estão com descontos reais e recomenda cuidado com promoções enganosas. "Se no dia anterior um produto saía por R$ 2 mil, e no dia seguinte, o lojista cria uma promoção dizendo que o mesmo produto custava R$ 5 mil antes, é uma falsa promoção", alerta.

5 - Cheque sempre a integridade do produto 

Dyogo Henrique Tinoco conta que todos os direitos do consumidor são válidos durante a Black Friday e é muito importante que as pessoas os conheçam. "Direitos de compra, troca e desistência valem durante a promoção. Para as compras presenciais, o consumidor deve ficar atento aos riscos ocultos, como defeitos internos no produto, e os aparentes, como arranhões, partes quebradas, entre outros. Neste caso, o consumidor tem o direito de reclamar sobre o produto em até 30 dias, se for durável, e 90 dias para produtos não duráveis", explica.

Atenção! É importante confirmar que a plataforma de venda é brasileira, já que o código do consumidor não vale para sites e empresas estrangeiras.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.3%
1.4%
3.1%
1.0%
57.6%