-
15/12/2020 às 09h15min - Atualizada em 15/12/2020 às 09h15min

Consórcio formado pela Vivo, Tim e Claro compra rede de telefonia móvel da Oi

Operadora está com dívida bruta de R$ 64 bilhões

Agência Brasil
Com edição do Belém.com.br
O valor da operação de compra ficou em R$ 16,5 bilhões. (Foto: Shutterstock)
      
Nesta última segunda (14), o consórcio formado pelas companhias Vivo, Tim e Claro compraram os ativos da rede de telefonia móvel da Oi, durante um leilão na 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). O valor da operação de compra ficou em R$ 16,5 bilhões.

 
Cada uma das três companhias de telecomunicações comprou uma parte da Oi e a divisão dos ativos será feita de forma proporcional. Segundo estimativas, a participação da Vivo no mercado de telefonia subirá de 33% para 37%, da Tim de 23% para 32% e da Claro de 26% para 29%.

A proposta das três empresas foi a única apresentada no leilão presidido pelo juiz Fernando César Viana, da 7ª Vara Empresarial.

Em 2016, a Oi entrou em recuperação judicial, após acumular dívida bruta de R$ 64 bilhões com cerca de 55 mil credores. Com o leilão, Oi vai continuar operando somente a rede de fibra óptica. O sistema de TV a cabo também será vendido em 2022.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.7%