-
23/12/2020 às 15h44min - Atualizada em 23/12/2020 às 15h44min

Projeção de vídeo mapping será atração na Igreja de Santo Alexandre nesta quarta (22)

Iniciativa projeta histórias tradicionais em locais históricos da capital paraense

Assessoria do evento
Com edição do Belém.com.br
O público poderá conferir a apresentação ao vivo às 20h. (Foto: Reprodução)
     
A jornada dos três Reis magos até o menino Jesus será contada com inovação em 2020. Usando uma linguagem emocionante que mistura as sensações visuais do vídeo mapping, música e performances corporais, o projeto “Cores, Sons e Sensações” chega às fachadas da Igreja de Santo Alexandre e do Museu de Arte Sacra nesta quarta-feira, 23 de dezembro. 
 
A iniciativa é do artista visual VJ Lobo, que usa projeções por vídeo mapping para experimentar novas narrativas em pontos estratégicos de Belém. O público poderá conferir a apresentação ao vivo às 20h pelo Facebook da Equatorial Energia e o pelo canal do YouTube da Secretaria de Cultura do Estado (Secult).
 
O Projeto
 
O “Cores, Sons e Sensações” é dedicado a contar histórias, sempre com uma pegada poética e performática. Idealizado pelo artista visual VJ Lobo, o projeto se diferencia por atrair a atenção do público para uma proposta de exibição que provoque curiosidade e novos sentimentos de conexão com as histórias contadas. A performance do artista é recheada de inovação.
 
“O fio condutor do projeto é esse comprometimento com a pegada poética de que tudo é possível na contação de histórias. O diferencial é a criação de um universo de novas sensações para cada espectador, usando recursos diversos de vídeo mapping, música, ruídos e atuações corporais em cena”, explica
 
Antes de projetar a história do Natal na Igreja de Santo Alexandre, o Cores já tinha realizado projeções na Basílica de Nazaré ainda em 2020, contando a história do Círio durante o seu encerramento no final de outubro.  
 
Sobre VJ Lobo
 
Desde 2004, o artista visual paraense Fabricio Lobo traz as texturas das florestas e das águas para a iluminação cênica com intervenções visuais por meio da técnica de video mapping. O objetivo é sempre levar ao público as sensações do universo amazônico.
 
VJ Lobo, como é conhecido, coloca em cada luz, vídeo, imagens e sons um pedaço da cultura amazônica. Suas projeções de vídeo mapping são feitas em estruturas de grandes dimensões, fachadas de edifícios e estátuas.
 
Serviço
Projeto “Cores, Sons e Sensações”: Live de video mapping na Igreja de Santo Alexandre conta a história dos Três Reis Magos
Dia: 23 de dezembro, a partir de 20h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.7%