-
05/01/2021 às 09h58min - Atualizada em 05/01/2021 às 09h58min

7ª recarga do vale-alimentação escolar começa a ser paga em 11 de janeiro

Ao todo, 575 mil alunos matriculados na rede estadual vão receber o benefício

Agência Pará
Com edição do Belém.com.br
O valor de R$ 80 deve ser utilizado exclusivamente na compra de alimentos em até 90 dias. (Foto: Jader Paes)
       
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) vai disponibilizar, de forma gradativa, a partir do dia 11 de janeiro, a 7ª recarga dos cartões de vale-alimentação escolar para 576 mil alunos. Segundo o Governo do Pará, já foram depositados R$ 560 para cada um dos estudantes matriculados na rede estadual de ensino. 

A recarga, no valor de R$ 80 por aluno, estará liberada para uso imediato. Desde abril o benefício começou a ser pago para os alunos matriculados nas escolas estaduais, como forma de garantir alimentação durante o período de suspensão das aulas, iniciado em 18 de março de 2020.

A empresa MeuVale é a responsável pelo gerenciamento das recargas. Dúvidas sobre o uso do auxílio poderão ser respondidas por meio do aplicativo e dos números de contato da empresa informados no verso do cartão. 

O valor de R$ 80 deve ser utilizado exclusivamente na compra de alimentos em até 90 dias. Segundo o governo do Pará, já foram investidos cerca de R$ 312 milhões oriundos do tesouro estadual no programa.

Cronograma de distribuição do vale-alimentação escolar:

Dia 11/01: Região Guajará: Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará;

Dia 12/01: Região Rio Capim: Abel Figueiredo, Aurora do Pará, Bujaru, Capitão Poço, Concórdia do Pará, Dom Eliseu, Garrafão do Norte, Ipixuna do Pará, Irituia, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Ourém, Paragominas, Rondon do Pará, Tomé-Açu e Ulianópolis;

Dia 13/01: Região Tapajós: Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão;

Dia 14/01: Região Tocantins: Abaetetuba, Acará, Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Moju, Oeiras do Pará e Tailândia;

Dia 15/01: Região Xingu: Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu;

Dia 18/01: Região Araguaia: Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D'Arco, Redenção, Rio Maria , Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Felix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara;

Dia 19/01: Região Baixo Amazonas: Alenquer, Almerim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa;

Dia 20/01: Região Carajás: Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Marabá, Palestina do Pará, Parauapebas, Piçarra, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia e São João do Araguaia;

Dia 21/01: Região Guamá: Castanhal, Colares, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santo Antônio do Tauá, Santa Maria do Pará, Santa Izabel do Pará, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Terra Alta e Vigia;

Dia 22/01: Região Lago de Tucuruí: Breu Branco, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento e Tucuruí;

Dia 25/01: Região Marajó: Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, Santa, Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure;

Dia 26/01: Região Rio Caeté: Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Nova Timboteua, Peixe-Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis,  Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Viseu.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Com o aumento do número de casos e internações por covid-19 nos hospitais de Belém, você estaria de acordo com a adoção de ações mais rígidas para controlar um novo pico da doença na cidade?

63.0%
17.8%
19.1%