-
30/01/2021 às 17h00min - Atualizada em 30/01/2021 às 17h00min

Variante do coronavírus identificada em Manaus já está no Pará

Os casos foram confirmados em Santarém, na região Oeste

Agência Pará
Com edição do Belém.com.br
Orla de Santarém, no Oeste do Pará, onde foram identificados os dois casos de infecção pela variante do novo coronavírus. (Foto: Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará)
     
Duas infecções pela mais recente variante identificada do novo coronavírus em Manaus (AM) foram confirmadas no Pará. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (29), pelo governador Helder Barbalho. A nova cepa que circula no Amazonas foi detectada em um homem de 58 anos e uma mulher de 26 anos, ambos residentes em Santarém, no oeste paraense. Os dois pacientes já receberam tratamento e se encontram estáveis.

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) reforça a necessidade de que todos continuem mantendo o uso de máscara e o distanciamento social, e higienizando as mãos com água e sabão e álcool em gel para evitar a contaminação e o consequente aumento de casos da doença.

Segundo o diretor de Vigilância em Saúde da Sespa, Denilson Feitosa, essa variante é um pouco diferente do vírus que já circulava no Pará. “Há sinais de uma infectividade maior. Então, há a possibilidade de uma pessoa transmitir para mais outras. Os sintomas são os mesmos, mas podem ser mais graves do que os que estamos acostumados. Os cuidados permanecem os mesmos. A população precisa continuar mantendo os protocolos de segurança”, reiterou o diretor de Vigilância em Saúde.

A variante de Manaus foi identificada pela primeira vez no último dia 9 de janeiro, em viajantes que chegaram ao Japão depois de passarem pela capital amazonense. A nova onda de casos em Manaus levou o sistema de saúde da cidade a um segundo colapso desde o início da pandemia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.7%