-
22/10/2021 às 16h00min - Atualizada em 22/10/2021 às 16h00min

Consulte o lote residual do Imposto de Renda

Crédito será depositado no dia 29 de outubro

Agência Brasil
Com edição do Belem.com.br
Consulte o app ou site da Receita para saber se tem crédito a receber. (Foto: Reprodução/Imposto de Renda 2021)

 

A Receita Federal abriu hoje (22) a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês de outubro de 2021. O lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores. Para saber quem receberá o pagamento dia 29 de outubro, é possível acessar o aplicativo ou o site da Receita, na área intitulada Meu Imposto de Renda, depois em Consultar a Restituição.

 

Nesses canais o contribuinte tem acesso às orientações e à prestação do serviço, nos quais é possível fazer consultas no formato simplificado ou completo de sua situação, por meio do extrato de processamento, acessado no portal e-CAC. Caso identifique alguma pendência, ele poderá retificar a declaração.

 

O crédito do lote residual será depositado no dia 29 de outubro. O pagamento é feito na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Nos casos em que o depósito não tenha sido feito, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Em geral essa situação ocorre quando a conta corrente foi declarada encerrada.

 

Para ter acesso ao dinheiro não depositado, o contribuinte precisa reagendar o crédito por meio do Portal BB, ou ligar para a Central de Relacionamento BB, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

 

“Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deve requerê-lo pelo portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em Solicitar restituição não resgatada na rede bancária", informa a Receita.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-