-
08/10/2019 às 12h37min - Atualizada em 08/10/2019 às 12h37min

Hospital Metropolitano atenderá romeiros nas procissões do Círio

Pelo sexto ano consecutivo, a unidade prestará esse tipo de atendimento

Portal Belém
Agência Pará
O Metropolitano é referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados (Foto: Arquivo/Agência Pará)

Outubro chegou e com ele os preparativos para a maior festa dos paraenses: o Círio de Nazaré. O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) está preparado para atender os fiéis nos próximos dias 11, 12 e 13. Pelo sexto ano consecutivo, a unidade do governo do Estado atuará com três pontos específicos: em frente ao hospital, na BR-316; em uma balsa flutuante durante a romaria fluvial e em um posto avançado na avenida Presidente Vargas, durante a procissão de domingo. Em 2018, foram atendidas 455 pessoas.
 
Durante as festividades, em diferentes momentos, ocorre a passagem da berlinda de Nazaré em frente ao Hospital Metropolitano, por onde passam também centenas de promesseiros. Para atender aqueles que chegam à cidade a pé, advindos de outros municípios, a unidade de saúde reunirá pesquisadores, profissionais e residentes da área da saúde em um posto de cuidados multiprofissionais.
 
Neste ano, na sexta-feira (11), os romeiros passarão por verificação de pressão arterial, glicemia e avaliação de lesões nos membros inferiores. As equipes se revezarão na preparação de curativos, aplicação de medicamentos, massagens, além de fornecer água e lanches para que eles concluam com êxito a caminhada. Em 2018, foram atendidas mais de 400 pessoas em frente ao hospital no dia do traslado da imagem, em Ananindeua.
 
A equipe do hospital também atuará no Círio Fluvial, programado para o sábado (12), com a Balsa de Atendimento Especializado, em parceria com o Exército Brasileiro e a Cruz Vermelha. Em plena Baía de Guajará, onde ocorre a procissão das águas, estará montada a estrutura de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com todo o aparato tecnológico de ventiladores mecânicos, desfibriladores e monitores; além de médicos com drenos e materiais para intubação.
 
No domingo (13), ocorre a maior e mais importante romaria, que reúne mais de dois milhões de pessoas. Os profissionais do Hospital Metropolitano estarão no Posto de Atendimento da avenida Presidente Vargas, também em parceria com a Cruz Vermelha, para realizar os primeiros-socorros em casos de possíveis desmaios, luxações e cortes. Em 2018, foram realizados 25 atendimentos no local.
 
Metropolitano – Referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), localizado em Ananindeua (PA), dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusiva para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.
 
A unidade recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, de diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%