-
08/10/2019 às 14h47min - Atualizada em 08/10/2019 às 14h47min

Banda Marmenino retorna aos palcos com um novo repertório

Após um período longe das noites de Belém, o grupo voltar a fazer shows

Jéssica Santana (estagiária, com revisão da jornalista Elck Oliveira DRT - 1847)
Jéssica Santana
O grupo com uma agenda cheia para o mês de outubro e mais o projeto “Guitarradas do Círio” (Foto: Divulgação)

“Guitarrada com brega e rock”, se você leu essa frase cantando certamente já ouviu falar da banda Marmenino. Trazendo uma nova formação, o grupo retoma o projeto com a mesma pegada regional da guitarrada, do brega e um pouco do rock dos anos 90, que continuam nas paradas de sucesso. A banda lançou um EP no ano passado com as seguintes canções autorais: “Tu já tá nos teus momentos”, “Mangueiras”, “Aqui guitarrada não toca não” e “Dona Coló mandou avisar”, de autoria do vocalista e criador da banda, Fellipy Fernando. Depois da pausa, o grupo volta com os integrantes: Adalberto Júnior - Baixo, Sandro Marcelo Castro Negrão - Teclado, e Felipe Lourinho - Bateria, com uma agenda cheia para o mês de outubro, e o projeto “Guitarradas do Círio”.
 
Criada em 2005, a Banda “Marmenino” ficou conhecida pela sonoridade regional e ritmo dançante. O quarteto traz no repertório o toque da guitarrada atrelado ao pop. Nessa nova fase, o grupo está focando no trabalho autoral, com letras que retratam a identidade do povo paraense, trazendo um contexto histórico e valorizando a cena musical do Pará.
 
Em 2018, a banda realizou uma turnê na cidade de Paramaribo, capital do Suriname, onde se apresentou em programas de televisão e rádio, locais. Após a pausa a banda se reformulou, trazendo não só novos integrantes, mas também um repertório cheio de novidades.  Com uma proposta única que mistura os ritmos paraense, a banda vem trabalhando em cima da singularidade do povo.
 
Com a chegada do Círio, a banda resolveu criar um projeto chamado “Guitarradas do Círio”, por meio do qual resolveu fazer as releituras de três músicas referentes à festividade, em ritmo de guitarrada.
 
A banda também já iniciou as gravações das músicas autorais que serão lançadas no primeiro semestre de 2020. O grupo já está se apresentando em casas de shows na capital.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

9.9%
2.8%
2.7%
2.2%
4.6%
14.4%
1.5%
3.2%
1.1%
57.5%