-
10/10/2019 às 14h47min - Atualizada em 10/10/2019 às 14h47min

Educadora financeira dá dicas sobre gastos no Círio

Para a especialista, é fundamental ter planejamento

Portal Belém
Assessoria de Imprensa
Para Sabrina, gastos com transporte e alimentação deverão ter uma atenção especial (Foto: Divulgação)

O Círio de Nazaré é considerado o natal dos paraenses e a maior festa religiosa do Brasil. Com a proximidade da procissão, mais turistas chegam na capital e os familiares que moram longe também vão chegando para lotar as casas. Neste fim de semana, 12 e 13, Trasladação e Círio, respectivamente, os paraenses poderão ter um gasto a mais com transporte e alimentação.

A educadora financeira Sabrina Virgolino explica que a alimentação deve ser planejada. "Não deixe para fazer as compras do Círio com os parentes em casa, se antecipe à chegada dos convidados e vá ao supermercado com calma, levando sempre uma listinha de compras contendo somente o necessário para evitar os excessos do consumismo. Faça aquisição de cestas básicas, além de serem excelentes pela representatividade do custo-benefício, em uma única cesta básica você adquire cerca de dez a 15 itens diferenciados, e o resultado disso é o impacto benéfico ao seu bolso", afirma.

Para Sabrina, o transporte também pode pesar no bolso dos fiéis. "Já é do conhecimento de todos que o Círio é uma das datas em que os preços de determinados produtos e serviços sobem bastante, como é o caso do combustível ou dos aplicativos de mobilidade. Para que seu bolso não sinta tanto ao ter que se deslocar para acompanhar a festividade, oriento que você divida custos com grupos de pessoas.  Se na sua rua possui um vizinho com veículo, converse com ele e mais pessoas para dividirem os custos com combustível. R$10 por pessoa em um carro com cinco passageiros custeando, será arrecadado R$ 50 representando quase metade do tanque de combustível, levando em consideração um carro básico. Ou seja, você já garante a ida e volta do Círio, por apenas R$ 10", acrescenta.

A educadora afirma que planejar é essencial. "Com a família toda reunida em casa fica difícil não pensar em sair para curtir esse momento especial, mas tome cuidado e planeje o passeio em família, sempre levando em consideração os devidos cuidados ao orçamento financeiro. Visite locais onde o valor dos ingressos é pequeno ou gratuito, além é claro de aproveitar estes lugares magníficos. Meta: aquilo que não posso, não compro!", informa.

"Se prepare para receber seus parentes e amigos, acompanhe essa festa com muita fé, sem deixar de planejar suas despesas. O momento é de emoção, gratidão e muitas lágrimas, mas não se empolgue com consumismo exacerbado e lembre-se: essa conta chegará em novembro", observa Sabrina.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

9.9%
2.9%
2.6%
2.2%
4.7%
14.5%
1.5%
3.2%
1.1%
57.5%