-
11/10/2019 às 14h38min - Atualizada em 14/10/2019 às 07h34min

Saúde e bem-estar: cuidados com a estética podem ser importantes para a saúde mental

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um relatório que aponta que 322 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão, na maioria mulheres. Por isso, os tratamentos estéticos não tem apenas valor externo, influenciam também na saúde mental.

DINO
http://www.instagram.com/institutoiolandaroy


Segundo a sociedade internacional de cirurgia plástica, o Brasil é o 2º lugar no ranking de procedimentos estéticos no mundo todo, estando atrás apenas dos Estados Unidos.
Para quem prefere procedimentos minimamente invasivos e em um país em que o clima geralmente estimula as pessoas a mostrarem o corpo, tratar rugas, linhas de expressões ou fazer clareamento dental são procedimentos relativamente comuns.
Um procedimento que tem se destacado e ganhou muita visibilidade por meio das redes sociais é a harmonização facial. Trata-se de um procedimento com o intuito de trabalhar a harmonia da face, corrigir pequenos defeitos e, melhorar o contorno da face causando uma aparência mais jovial e descansada, além de minimizar os tão temidos sinais do envelhecimento facial.

O conceito de um rosto bonito tem se modificado ao longo do tempo, e as pessoas têm valorizado mais a questão da harmonia facial do que um rosto com traços ditos perfeitos. Vale ressaltar que o que é considerado belo não significa simétrico, mas harmônico, ou seja, proporcional. A harmonização facial pode englobar diferentes procedimentos estéticos referentes aos dentes, lábios, gengiva. Ela pode também estar relacionada às funções de músculos faciais, assim como às expressões faciais e possíveis marcas de expressão.

‘’A face é extremamente vascularizada e inervada e um local de funções vitais para o organismo, e por isso há riscos  como em qualquer outro tratamento. Entre esses riscos, existe a possibilidade de o profissional atingir artérias e veias o que pode apesar de raro chegar ao extremo de causar necrose ou seja morte desses tecidos e até cegueira. Sabemos que existe variação anatômica de indivíduo para indivíduo e que terreno biológico não é uma ciência exata e por isso devemos sempre está atento a todos os sinais, para evitar qualquer intercorrência que possa acontecer e intervir o mais rápido.’’ ressalta Dra. Iolanda Roy

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um relatório que aponta que 322 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão, na maioria mulheres. O estresse e a baixa autoestima também estão entre os fatores que podem desencadear o problema. Por isso, os tratamentos estéticos não tem apenas valor externo, influenciam também na saúde mental. Os cuidados com a estética que proporcionem saúde e bem-estar tornaram-se cada vez mais importantes para desacelerar do dia a dia, aliviar o estresse e elevar a autoestima.

‘’Nós mulheres estamos acostumadas a querer cuidar de todos, mas não podemos esquecer de nos cuidar, por isso faço questão de relembrar essa importância neste mês que ressalta tanto a importância da prevenção do câncer de mama. Como profissional da área de saúde, me sinto no papel de incentivar os cuidados com a saúde no geral.’’ lembra Dra. Iolanda Roy.

Em um mundo com rotinas diárias e tempo escasso, as mulheres muitas vezes acabam por negligenciar os cuidados de beleza. E quando isso acontece, inevitavelmente a autoestima fica prejudicada. Por isso, tanto no mês de Outubro quanto no ano inteiro, a mulher deve lembrar de se cuidar, se amar e valorizar cada vez mais o seu bem-estar

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.3%
1.4%
3.1%
1.0%
57.6%