-
13/01/2022 às 10h38min - Atualizada em 13/01/2022 às 10h38min

Vacinas contra covid-19 para crianças chegam ao Pará nesta sexta (13)

Primeiro lote de vacinas pediátricas já chegou ao Brasil

Redação Belem.com.br
Do primeiro lote, 4,99% das doses serão destinadas ao Pará. (Foto: Reprodução/Ag. Sindical)
                       
Na madrugada desta quinta-feira (13) chegou ao Brasil o primeiro lote de vacinas contra a covid-19 produzidas especificamente para crianças. Da remessa com 1,2 milhão de doses, o Pará deve receber cerca de 248 mil. O Governo do Estado já havia confirmado a imunização na faixa etária de 5 a 11 anos, conforme autorizado pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo o Ministério da Saúde, a criança deve ir aos postos de vacinação acompanhada dos pais ou responsáveis ou levar uma autorização por escrito. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações.

Atualmente, o imunizante autorizado para uso em crianças é apenas da Pfizer. Entre uma série de recomendação está a de que toda criança, após receber a dose, permaneça no local por pelo menos 20 minutos para que seja observada. O objetivo é que, em caso de reações adversas, o atendimento ocorra imediatamente.

No dia 6 de janeiro, o governador do Estado, Helder Barbalho, se pronunciou sobre a vacinação em crianças no Pará: "vamos imunizar todos que queiram se vacinar, com autorização dos pais e responsáveis". Mas também argumentou que o Estado vai priorizar, “acima de tudo, a ciência, a pesquisa e a análise técnica”.

Capital


Em Belém, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), cerca de 141.600 crianças, de 5 a 11 anos, estão aptas a receber a vacina contra a covid-19 na capital.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-