-
24/01/2022 às 16h48min - Atualizada em 24/01/2022 às 16h48min

Comerciantes e famílias de Outeiro terão auxílio financeiro

Prefeitura de Belém promete medidas econômicas para ajudar na crise

Agência Belem
Com edição do Belem.com.br
Ações também contam com programa de capacitação para mulheres. (Foto: Reprodução/Ag. Belém)
                        
A queda do pilar de sustentação da ponte de Outeiro, distrito de Belém, afetou não só a travessia para a ilha, mas diversas atividades paralelas ligadas ao dia a dia dos moradores. Para diminuir alguns desses impactos colaterais, a Prefeitura de Belém prometeu, em anúncio no último domingo (23), tomar algumas medidas econômicas para ajudar a população.

Uma delas é o auxílio de R$ 500 para os donos de barracas das praias de Outeiro, além dos funcionários das barracas e trabalhadores informais que poderão receber benefícios no valor de R$ 300. A proposta é que o pagamento seja feito pelos próximos seis meses, somando no total R$ 1 milhão em investimento.

O prefeito Edimilson Rodrigues anunciou ainda a ampliação do programa Bora Belém. "Vamos duplicar o número de famílias atendidas pelo Bora Belém, que ganham até 450 reais. Hoje, são 670 famílias, alcançaremos nos próximos dias pelo menos até 1,4 mil famílias no distrito".

Investimento

Pequenos empreendedores da ilha também poderão fazer uso do microcrédito, junto ao Banco do Povo de Belém,  para os quais está sendo oferecida uma linha de crédito solidário de R$ 1 milhão, para garantir capital de giro e cobertura de custos fixos neste momento de crise.

Um outro benefício, que envolve cursos profissionalizantes do programa Donas de Si, que já estava planejado para ocorrer no distrito, e será antecipado para criação de novas oportunidades de geração de renda à população.

Para atender às famílias em vulnerabilidade social, a prefeitura promete distribuir, ainda, cinco mil cestas básicas, com investimentos de R$ 450 mil.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »