-
23/10/2019 às 12h26min - Atualizada em 24/10/2019 às 13h14min

Dores: os pés são 'termômetros' de que algo não vai bem na saúde

Um processo inflamatório causa desconforto e acaba gerando processo de dor, que pode estar relacionada a outras causas físicas por sensibilizações periféricas, tais como pressão na pele e tensão muscular, sensibilidade às temperaturas e a agentes químicos.

DINO
http://www.saudeehconsciencia.com.br


A Reflexologia é uma técnica natural com comprovado efeito sobre a modulação da dor e na diminuição de processos inflamatórios, estimulando o organismo a produzir agentes opioides naturais e anti-inflamatórios, provocando analgesia e bem-estar.

"A estes estímulos, combinados com outros nas áreas reflexas do córtex externo das suprarrenais, hipófise e hipotálamo, o organismo humano lança no sistema circulatório os agentes anti-inflamatórios que irão ajudar a normalizar o incômodo", garante o Reflexoterapeuta Vinícius Macedo, que ajuda pessoas com problemas físicos e emocionais, por meio de estímulos nos pés ao Sistema Nervoso Central.

Para o especialista, que une conhecimentos da Neurociência com ciências milenares, aplicando terapêuticas que atuam no autorrestabelecimento da saúde e bem-estar, "outros tipos de dores que deve ser levados em consideração são as de cunho emocional", afirma. O peito apertado, angústia, pode se tornar um processo de dor física real, advindo do emocional.

O cérebro humano processa na mesma área as informações sensoriais e emocionais. E todas as dores podem ser tratadas com a reflexologia (dores físicas) e reflexoterapia (dores emocionais), atuando de forma eficiente nesses mecanismos. Formado pelo Centro de Especialização e Treinamento Aplicado a Reflexoterapia (CETAR), com aprofundamento em Reflexologia - e membro do grupo de Estudos sobre os efeitos positivos da Reflexoterapia no alívio dos sintomas da Fibromialgia - Vinícius Macedo nos explica:

- Sistema Nervoso - por meio dos pés é possível acessar o Sistema Nervoso Central e inserir comandos, como se fosse uma "central de controles". Dessa forma, consegue-se realizar uma analgesia natural da dor, por meio dos estímulos nas solas dos pés, bem como é possível promover o relaxamento muscular de um enrijecimento do que estaria causando desconfortos em diversas regiões do corpo;

- Estimulo anti-inflamatório - Os estímulos dados em regiões especificas, como nas áreas reflexas dos joelhos, ombros, pescoço, lombar, ciático e outras, sinalizam para o Sistema Nervoso Central problemas inflamatórios localizados.

- Neuromoduladores - Ao estimular a produção de serotonina hormonal, a reflexologia atua diretamente na criação de neuromoduladores como a "substância P", que age diretamente na sensibilização da intensidade de dores físicas. Quanto mais disponibilidade de serotonina, menor será a atuação da substância P e a percepção dolorosa associada.

Medicina: Tradicional + Milenar

Ainda, segundo Vinícius Macedo, "medicamentos são importantes, mas muitas vezes paliativos e podem até mascarar as causas de transtornos das dores físicas e emocionais, bem como gerar outras situações colaterais. Pela abordagem da medicina integrativa, médicos e terapeutas devem trabalhar em harmonia".

Os remédios têm seu valor para rapidamente atenuar sintomas, enquanto o terapeuta busca entender as causas, trabalha-las e ainda ajudar nosso corpo a enfrentar o problema por meio de mecanismos naturais. Consumir remédios ou não é uma questão apenas pertinente a necessidade e urgência do estado de saúde de cada um, e deve ser avaliado periodicamente por um médico e acompanhado por um terapeuta.

"Em casos onde não haja necessidade de uma atenção urgente pelos recursos disponíveis pela medicina tradicional, a melhor opção para tratarmos problemas causados por processos dolorosos recai na medicina complementar, sendo a reflexoterapia uma das técnicas mais eficazes".

Bem viver e sem doenças

Os pés refletem muito sobre o estado da saúde físico e emocional do corpo. Na condição de perda desse equilíbrio, normalmente nas áreas reflexas afetadas nos pés surgem sinalizações como linhas, bolhas, descamações, manchas, pintas, frieiras, micoses e alterações da coloração da pele. Este mecanismo reflexo pode ser entendido por meio de diversos exemplos.

Se "engole sapos", emocionalmente compromete a saúde do estômago, que passa a produzir mais ácido do que o necessário e pode levar a um quadro de gastrite. Quando atua-se no estimulo desta área reflexa, além de ajudar a normalizar a produção de ácido, também atua-se no processo emocional, passando a não mais guardar seus sentimentos perante algumas situações e pessoas.

Quando se comporta como máquinas, fazendo diversas coisas no modo automático, pode-se perder gradativamente a percepção de pequenos prazeres da vida, e desta forma gerar um desequilíbrio no pâncreas. O estímulo nesta área, além de ajudar a normalizar a produção de insulina, colabora com uma melhor atenção a momentos que deveriam ser prazerosos, como o simples ato de sentir o aroma de um bom café ou apreciar o céu avermelhado, no início de uma manhã.

Sentir-se constantemente irritado pode provocar alterações no funcionamento hormonal, afetando a hipófise - que controla o funcionamento das demais glândulas, e que pode gerar inúmeros problemas. Por exemplos: crises de TPM mais intensas, ansiedade e estado de estresse. O estimulo na área reflexa da hipófise contribui muito para redução da irritabilidade e situações correlacionadas.

* Quando se sente medo de que 'alguma coisa real possa ocorrer', afeta-se o equilíbrio do Sistema Urinário. O medo pode lhe 'bloquear', e de uma forma que não entenda claramente, provocar até o surgimento de cristais nos rins. Metaforicamente, seriam as pedras no caminho que os medos criam para impedir de caminhar. Quando estimulada a área reflexa deste sistema, a neurologia humana adquire recursos para enfrentar essa situação e ajuda a 'caminhar' com maior segurança, além de auxiliar na normalização funcional.

* Já, quando está com dificuldades de dar direção à vida, uma área que normalmente é afetada é a dos pés. Fisicamente ficam-se mais propensos a fraturas na região, e a área reflexa fica muito dolorida ao toque. Ao estimular esse ponto nos pés, ajuda terapeuticamente a mente na busca de caminhos e respostas para este tipo de angústia.

"Os pés falam e contam histórias do o inconsciente e denunciam o estado de sua saúde. Assim como servem de janela para o mundo, para essas situações, funcionam como uma ‘central de controles’, enviando comando para normalizar e equilibrar os processos físicos e emocionais já estabelecidos no corpo", finaliza Macedo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

9.9%
2.9%
2.6%
2.2%
4.7%
14.5%
1.5%
3.2%
1.1%
57.5%