-
24/08/2019 às 14h00min - Atualizada em 24/08/2019 às 14h00min

Belém sedia mais uma edição da Feira Pan-Amazônica do Livro

Evento disponibiliza mais de 90 mil títulos de 400 editoras de todo o País ao público paraense

Elck Oliveira
Agência Pará
Staff da Feira Pan-Amazônica do Livro durante o lançamento do evento, que prossegue até o dia 1⁰ de setembro (Foto de Elck Oliveira)
Belém sedia, até o próximo dia 1⁰ de setembro, no Hangar Centro de Convenções, a 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, promovida pelo governo do Estado, por meio de diversos órgãos e secretarias. O evento é considerado como um dos mais importantes do segmento em toda a região e, neste ano, traz um novo conceito: a importância da oralidade como importante instrumento de luta e resistência.
 
Uma outra novidade desta edição foi a escolha de dois escritores homenageados, que são os professores e pesquisadores João de Jesus Paes Loureiro e Zélia Amador de Deus, importantes ícones da cultura local, que também representam, cada um deles, a multiplicidade de vozes que se pretende dar ao evento.
 
“Demorei um pouco a me acostumar com a ideia da homenagem pela Feira, porque nunca me considerei uma escritora, mas, sim uma 'faladeira'. Depois, entendi que o objetivo do evento é justamente abrir espaço para as 'vozes', para as diferentes leituras de mundo, o que muito me traz alegria”, destacou a professora doutora Zélia Amador de Deus, também reconhecida ativista do movimento negro.
 
Recortes – Segundo um dos organizadores gerais da Feira, Júnior Soares, foram escolhidos recortes curatoriais sobre os quais toda a programação estará centrada. As questões referentes às mulheres, aos negros, aos indígenas, aos LBGTI’s, entre outras, terão prioridade em cada um dos nove dias de duração da Feira.
 
Grandiosidade – Segundo o representante da Associação Nacional das Livrarias (ANL), Robério Silva, a Feira Pan-Amazônica do Livro é uma das mais esperadas pelo mercado editorial e livreiro do País. Neste ano, o evento contará com 400 editoras direta ou indiretamente representadas; 120 editoras universitárias; cerca de 90 mil títulos disponíveis, incluindo os últimos lançamentos do mercado e, ao todo, mais de 200 toneladas de livros.
 
Todo esse material estará exposto nos 197 estandes espalhados em uma área de cerca de 10 mil metros quadrados, totalmente climatizada.
 
Serviço – A programação da Feira do Livro se dará, todos os dias, de 24 de agosto a 1° de setembro, das 10 às 22h, com entrada franca. Mais informações podem ser obtidas por meio do hotsite do evento, www.feirapanamazonica.com.br.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O que mais você gostou no Círio 2021

7.7%
7.7%
42.3%
34.6%
7.7%