-
18/01/2022 às 08h59min - Atualizada em 18/01/2022 às 08h59min

Começa a ser pago o benefício para atingidos pela cheia, em Marabá

Recebem as famílias cadastradas no programa pelo Banpará

Agência Pará
Com edição do Belem.com.br
O benefício é no valor de um salário mínimo. (Foto: Alex Ribeiro/Ag. Pará)
                    
Famílias atingidas pelas enchentes em Marabá, sudeste paraense, já começaram a receber o pagamento de um salário mínimo, R$ 1.212,00, pelo Programa "Recomeçar", oferecido em caráter emergencial. Os saques são feitos exclusivamente em agências do Banco do Estado do Pará (Banpará).

Ainda na segunda-feira, as equipes da Defesa Civil do Estado fizeram triagem nos abrigos e encaminharam famílias para o cadastramento na sala do gabinete de crise, no Centro Regional de Governo do Sudeste, que funciona das 8h às 17h.

Os técnicos da Defesa Civil do Estado também foram ao abrigo São Félix, no distrito de São Félix, para levar as 35 famílias à agência bancária para recebimento do recurso. 

A subida dos níveis dos rios Tocantins e Itacaiúnas no município já atingiu 2.836 famílias, sendo 640 desabrigadas, 1.384 desalojadas, 401 ribeirinhos atingidos e 411 ilhadas.

Decreto

O Programa "Recomeçar" concede, em situações emergenciais, o auxílio financeiro de parcela única a famílias em situação de vulnerabilidade social, vítimas da calamidade pública ocorrida no primeiro semestre de 2022. O objetivo do governo é oferecer às famílias um valor que possa ser utilizado na reconstrução dos imóveis danificados pelas águas.

Para ter acesso ao benefício, a família deve ter renda mensal de até três salários mínimos e residir em imóvel atingido diretamente pelas fortes chuvas, de forma grave.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »