-
10/01/2020 às 12h00min - Atualizada em 10/01/2020 às 12h00min

Conjunto Caruana e Íris da Selva realizam “Noite de Carimbó” em Belém

Os shows autorais começam às 21h deste sábado (11), no Espaço Cultural Apoena

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
O Conjunto Caruana está incluído no que hoje se chama de "carimbó urbano" (Foto: Divulgação)

O grupo que nasceu nas rodas de carimbó das ruas de Belém, abre seus trabalhos deste novo ano. O Conjunto Caruana faz esta sua primeira roda no Espaço Cultural Apoena, começando o ano em grandes e poderosas forças e energia. A noite terá ainda o show de Íris da Selva, que inicia o sábado de batuques encantados.
 
Nascida em Icoaraci, Íris da Selva é cantora e compositora, tem 23 anos e começou seu trabalho tocando violão aos 13 anos. Suas canções trazem uma sonoridade que vem da cultura popular com letras voltadas para o cotidiano, imersas na poética contida na paisagem ao seu redor. Em seu novo formato de apresentação, Íris divide o palco com artistas como Borblue, Ka Díaz, Elton Santos e Lucas de Freitas. Cada um desenvolve seu próprio trabalho autoral em composições musicais, performance e poesia.
 
Com seu nome trazido das tradições caboclas da Ilha do Marajó, o Conjunto Caruana vem aportando seus curimbós e percussão há pouco mais de dois anos por Belém. O grupo está incluído no que hoje chamamos de "carimbó urbano", mas traz ainda a  música progressiva, porém dentro da vivência e identidade paraense e da música ancestral da Amazônia, uma experiência musical a qual chamam de "Amazônia prog", um pulso novo de uma estética que bebe na fonte das raízes pau e cordistas, de ritmos populares amazônicos e une os tambores de batuque à arranjos inusitados, criando assim uma atmosfera mística e dançante que encanta os ouvidos e não deixa o corpo parado.
 
No show deste sábado, O Caruana leva a combinação de 3 curimbós de diferentes afinações, assim como djembe, alfaia, maracas, caxixi, afoxé, matraca, agogô, queixada e ganzá se farão presentes, tocados pelos percussionistas Cobra Norato, Lucas Miranda e Loba Rodrigues. O banjo e o contrabaixo são tocados pelo Matheus Leão; saxofones e flautas pelo Marcos Sarrazin, e o violão por Rafael Du Vale, que é o vocalista principal do grupo.
 
Além de celebrar o novo ano, o show desta Noite de Carimbó também terá sua renda revertida para o enxoval do primeiro filho do vocalista Rafael Du Vale. Marcando assim um momento de celebração a tudo o que é novo e bem-vindo.


 
Serviço:      
Noite de Carimbó com Íris da Selva e Conjunto Caruana
Sábado, 11 de janeiro de 2020, às 21h
No Espaço Cultural Apoena (Avenida Duque de Caxias, 450, defronte ao Santuário de Fátima)
Ingressos a R$ 10

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.0%
1.4%
3.0%
1.1%
57.8%