-
09/03/2020 às 09h43min - Atualizada em 09/03/2020 às 09h43min

Prefeitura alerta para os riscos de maré alta em Belém

Alamentos vêm sendo registrados na cidade desde o último sábado (7)

Agência Belém
Com edição do belem.com.br
Trabalho da prefeitura durante o final de semana no conjunto Promorar, em Val-de-Cans
      
A Prefeitura de Belém alerta a população sobre os riscos de alagamentos em Belém até o próximo dia 14 de março. Para reduzir os impactos e alertar a população sobre possíveis danos, a Prefeitura informa que está atuando no monitoramento das marés e na prevenção de acidentes ocasionados por enchentes.

Agentes da Defesa Civil Municipal, da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) e da Guarda Municipal de Belém (GMB), atuam de forma integrada em ações educativas e preventivas.

Os riscos de maré alta são considerados altos para índices a partir de 3 metros quando coincidentes com chuvas fortes e, altíssimos, para marés a partir de 3.5 metros.

Veja os dias e horários das marés com riscos moderados e altos, conforme informações do site da Marinha do Brasil:

9 de março - 11h19, 3.4m e 23h36, 3.6m - Alerta de risco alto para maré alta de manhã e risco altíssimo à noite.
10 de março - 12h06, 3.5m - Alerta de risco alto para maré altíssima à tarde.
11 de março - 00h21, 3.7m e 12h41, 3.6m - Alerta de risco altíssimo para maré alta de madrugada e à tarde.
12 de março - 1h11, 3.7m e 13h26, 3.6m - Alerta de risco altíssimo para maré alta de madrugada e início da tarde.
13 de março - 1h54, 3.6m e 14h15, 3.5m - Alerta de risco altíssimo para maré alta de madrugada e à tarde.
14 de março – 2h39, 3.4m e 14h56, 3.3m - Alerta de risco alto para maré alta de madrugada e à tarde.

 
Final de semana

Neste final de semana, a Prefeitura realizou uma ação emergencial, após a forte chuva que atingiu a capital paraense desde a madrugada de sábado (7), e que causou uma série de transtornos para a população da cidade. Tão logo a chuva amenizou, equipes da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) iniciaram uma força-tarefa para prestar atendimento aos locais afetados pelo temporal. A ação, que iniciou à noite, se estendeu durante a madrugada de domingo (8), com o objetivo de atender as áreas mais atingidas pelos alagamentos.

Na rodovia Arthur Bernardes, na comporta do Una, bairro do Telégrafo, onze cascos de geladeiras, arrastados para o local durante a chuva, foram recolhidos, além de pneus, pedaços de madeira, vasos sanitários, entre outros materiais. “É uma questão de conscientização ambiental da população, pois essa quantidade de lixo arrastado para a comporta comprova o descarte irregular e isso é muito sério. Isso não pode continuar, pois a obstrução dos canais gera alagamentos e estamos vivendo um inverno rigoroso”, desabafou o diretor de resíduos sólidos da Sesan, Marcus Carvalho.

A Sesan reforça que a comporta do Una recebe limpeza diária já que todos os dias têm lixo no local e os entulhos acabam sendo arrastados para a água.

Canal Val de Cans - No conjunto Promorar, em Val de Cans, 21 homens trabalharam na limpeza do canal. Com o apoio de mergulhadores em uma canoa, foi utilizado um compressor para desobstruir a tubulação e dar vazão a água. Uma grande quantidade de resíduos, que obstruía a tubulação do canal, foi retirada do local.

Ao final da manhã já não havia registros de alagamentos no conjunto.

Plantão – Durante todo este domingo, equipes da Sesan, incluindo agentes de limpeza, mergulhadores, equipe técnica e engenheiros do departamento de drenagem, estiveram de plantão para ocorrências emergenciais relacionadas com as fortes chuvas.
 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.7%