-
09/03/2020 às 19h00min - Atualizada em 09/03/2020 às 19h00min

Viviane Batidão participa de debate sobre a mulher na sociedade

Ao lado da sambista Mariza Black e da poetisa Agatha Souza, a cantora vai discutir o tema "Mulheres na Arte"

Equipe belem.com.br e Ascom Uepa
Com edição do belem.com.br
Viviane Batidão é uma das cantoras mais populares hoje no Estado (Foto: Alle Peixoto/ Divulgação)
    
O Gefes, grupo de pesquisa da Universidade do Estado do Pará (Uepa) que estuda gênero, feminismos e sexualidades, preparou uma programação mensal gratuita para debater a mulher na sociedade, iniciando nesta terça-feira (10), em Belém. O primeiro dia contará com a presença da estrela do melody Viviane Batidão em uma mesa de debate sobre Mulheres na Arte, junto da cantora de samba Mariza Black e da poetisa Agatha Souza.
 
O evento Mulher, Mulheres: Artes, Ativismos e Identidades oferece uma programação especial com cinema e discussões sobre arte, transexualidade, violência contra mulher e feminicídio no Brasil. Todos os espaços são abertos para público interno e externo com inscrições online.
 
Lana Macêdo, professora do Departamento de Filosofia e Ciências Sociais (DFCS) e diretora de desenvolvimento de ensino, acredita que esse período vai ajudar a a história feminista através de suas gerações. Para acompanhar a evolução histórica do feminismo haverá uma mesa composta com personagens de períodos diferentes da história do movimento pelos direitos das mulheres. “Estamos trazendo uma estudiosa da temática que é a professora Luzia Álvares e iniciou o primeiro grupo de estudos sobre mulher há 25 anos”, relatou Macêdo.
 
Ela disse ainda que no ambiente acadêmico faltam políticas para efetivar a oferta de chances iguais para homens e mulheres, como a garantia da continuidade dos estudos das mulheres mães. “Qual a dificuldade dessas meninas que têm filhos enfrentam para vir estudar?”, questiona e prossegue propondo uma solução para auxiliar universitárias que tiveram filho(s) muito jovens: “Uma creche, por exemplo, é uma política direcionada a esse público”.

Serviço:
 
Mulher, Mulheres: Artes, Ativismos e Identidades
Dias: 10, 19, 24 e 31 de março
Custo: Gratuito (inscrição no local do evento).
Público: Aberto à população.
Mais informações: Página do Gefes (aqui) ou do evento (aqui).
 
Programação:
 
Dia 10/03:  Mulheres na Arte
Local: Sala de Recitais.
Horário: 14h.
 
Dia 19/03: Cine debate “Feministas: o que eles estavam pensando?”
Local: Sala de Recitais.
Horário: 14h30.
 
Dia 24/03: Filhas do Arco-Íris: Identidades trans em debate.
Local: Auditório Paulo Freire.
Horário: 14h.
 
Dia 31/03: NENHUMA A MENOS: Violência contra a Mulher e Feminicídio no Brasil.
Local: Auditório Paulo Freire.
Horário: 9h
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.0%
1.4%
3.0%
1.1%
57.8%