-
-
08/04/2020 às 09h14min - Atualizada em 08/04/2020 às 09h14min

Pará tem mais uma morte por Covid-19

Governo do Estado disponibilizou um novo site para que a população tenha acesso a todas as informações sobre a pandemia

Sespa e Agência Pará
Com edição do belem.com.br
É preciso manter os cuidados para evitar a disseminação do vírus, como o isolamento social e a utilização dos EPIs (Foto: Pixabay)
          
A Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) confirmou mais um óbito por Covid-19 no Pará. Foi de um homem, de 69 anos, morador de Belém. Agora são seis óbitos confirmados no Pará. O quarto registrado em Belém.

Enquanto isso, o governo segue reforçando diariamente a necessidade de obedecer às regras de isolamento e distanciamento social para frear o ciclo do novo Coronavírus no Pará. Na atualização do boletim epidemiológico feita na noite desta terça-feira (7), ao vivo, o governador Helder Barbalho e o secretário de Estado de Saúde, Alberto Beltrame, repassaram informações que preocupam as autoridades.

Hospitais do Pará já mantêm 43 pacientes internados com quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). Todos estes pacientes passaram por testes, e 13 deles deram positivo para o novo Coronovírus. O restante ainda aguarda os resultados. “São pacientes que requerem muita atenção porque estão com problemas respiratórios, que necessitam de atendimento médico, assistência médica e acompanhamento, seja em média complexidade ou em tratamento intensivo (UTI)”, frisou o governador.

Helder Barbalho lembrou que o Estado já dispõe da combinação de remédios (90 mil comprimidos de Hidroxicloroquina e 75 mil de Azitromicina) para tratamento, mediante prescrição médica e em leito hospitalar, de pacientes graves de Covid-19. “Já iniciamos a distribuição em hospitais públicos e particulares, para que estejamos munidos das condições de salvar vidas. É importante registrar que este medicamento não pode ser consumido em casa, a partir de autoprescrição”, reiterou o chefe do Executivo estadual.

Outra informação preocupante é que o isolamento no Pará atinge apenas 40% da população. O dado foi divulgado pela tecnologia de Inteligência Artificial e monitoramento da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Um cenário que levou o governador a fazer um apelo direto. “É fundamental que possamos ter a contribuição da sua colaboração neste sentido. Temos outras regiões do Brasil com mais números de casos, e mesmo assim com 60% em isolamento. Não vamos esperar chegar a uma situação dramática para que as pessoas passem a ter consciência”, frisou Helder Barbalho, que também alertou para o aumento, em ritmo acelerado, do contágio viral no Pará.

Transparência - Também foi repassado o endereço do site (www.covid-19.pa.gov.br), que a Prodepa (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará) disponibilizou para que a população tenha acesso, com transparência, a todos os dados, decretos, portarias e compras feitas pelo governo em função da pandemia, além do quadro epidemiológico do Pará.

Foi informado ainda o número da Central Telefônica do Fundo Esperança (091 - 3289-7550), que está entrando em contato com microempreendedores e trabalhadores informais que solicitaram o serviço, para que iniciem o processo de contratação da linha de crédito.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor do isolamento social?

34.1%
65.4%
0.5%
-
-
-