-
17/04/2020 às 09h44min - Atualizada em 17/04/2020 às 09h44min

Começa a entrega do vale-alimentação para os alunos da rede pública estadual

Neste primeiro lote de entregas, que prossegue até a próxima semana, 210 mil alunos serão contemplados

Agência Pará
Com edição do belem.com.br
O vale-alimentação é uma forma de oferecer a alimentação aos alunos durante a suspensão das aulas (Foto: Eliseu Dias/ Ascom Seduc)
      
Escolas estaduais localizadas na Região Metropolitana de Belém iniciaram nesta quinta-feira (16) a entrega dos cartões de vale-alimentação escolar aos alunos da rede pública. Neste primeiro lote de entregas, que prossegue até a próxima semana, 210 mil alunos dos municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara do Pará serão contemplados com o vale, que garantirá a compra de alimentos pelos estudantes enquanto as aulas presenciais ficarem suspensas.

Os cartões começaram a ser distribuídos nas primeiras horas da manhã. Muitos pais aproveitaram o início do dia para receber logo o benefício, assegurado pelo governo do Estado. A primeira escola a realizar a entrega foi a “Lindanor Celina Coelho”, no bairro Parque Verde, em Belém. A direção convocou os pais e organizou a fila para evitar aglomerações. Ao todo, 155 crianças, de 6 a 13 anos, vão receber os vales. Emocionada, a diretora Hildete Brito ressaltou a importância dos cartões para a comunidade escolar. “É uma área muito carente. Tem aluno que vem pra cá só pra almoçar, que não tem nenhum alimento em casa”, acrescentou.

A dona de casa Marlene Costa, 34 anos, foi a primeira mãe a chegar. Com renda familiar de apenas um salário mínimo, a alimentação do filho de 7 anos estava prejudicada desde a suspensão das aulas. “Desde ontem já não tínhamos mais nada em casa, e agora, com esse cartão, vou poder comprar os alimentos que ele gosta”, disse. Os cartões são entregues aos responsáveis pelos alunos que não atingiram a maioridade

Luziane Lopes, 25 anos, também é dona de casa e estava ansiosa pela entrega do vale-alimentação do filho. Assim que recebeu o cartão, foi direto para o supermercado. “Pra gente que tá sem trabalho, e precisando muito, esse cartão vai ser uma grande ajuda”, afirmou.

Agradecimento - Na Escola Pratinha II, no bairro da Pratinha, a entrega dos 603 cartões também iniciou pela manhã. Os pais agradeceram a iniciativa do governo e destacaram a importância de garantir a alimentação escolar dos filhos. “Pra mim, esse vale tem um significado enorme, porque estou desempregada e a alimentação na minha casa já estava faltando. Minhas filhas precisam muito dessa ajuda”, garantiu a mãe, Márcia Sales.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), os vales chegaram a 107 escolas. Uma nova remessa será entregue a partir da próxima semana para outras unidades de ensino, nos mesmos municípios. Todo o cronograma de entrega nas outras regiões será divulgado no site da Seduc.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O Círio 2021 está na porta e o Belém quer saber: qual a melhor comida do Círio na sua opinião?

77.8%
22.2%