-
19/06/2020 às 17h00min - Atualizada em 19/06/2020 às 17h00min

“Olha já”: Seminário online aborda os caminhos do audiovisual na Amazônia

As inscrições nas oficinas e palestras já iniciaram no site do evento

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
Um dos palestrantes confirmados do evento é Ricardo Stuckert. Como fotógrafo, em 2018, ele lançou a exposição “Índios Brasileiros” (Foto: Reprodução/ Ricardo Stuckert)
       
O Instituto Território das Artes (ITA) realizará nos próximos dois sábados, dias 20 e 27 de junho, o Seminário Online “Olha já” - Caminhos do Audiovisual na Amazônia. As inscrições nas oficinas e palestras já iniciaram no site do evento.

Ricardo Stuckert, diretor de fotografia do longa-metragem brasileiro "Democracia em Vertigem", indicado ao Oscar de Melhor Documentário, é um dos palestrantes confirmados. Como fotógrafo, em 2018 lançou a exposição fotográfica “Índios Brasileiros”, na qual registrou a cultura e costumes de 12 etnias indígenas pelo Brasil e foi fotógrafo oficial da Presidência da República entre os anos de 2003 e 2012.

Takumã Kuikuro, cineasta indígena do Alto Xingu, no Nordeste do Mato Grosso, também é um dos palestrantes confirmados. Takumã é dos principais nomes do cinema indígena mundial e dirigiu documentários, filmados por produtores da sua aldeia, aclamados pela crítica como “As Hiper-Mulheres”, vencedor do Kikito de Montagem e Prêmio Especial do Júri no Festival de Gramado em 2018.

A ideia deste encontro virtual é debater sobre as reflexões e perspectivas da produção audiovisual na Amazônia, além de oferecer formação na área por meio da troca de conhecimento nas palestras e oficinas com profissionais reconhecidos na região e no país.

Neste sábado (20), serão realizadas oficinas sobre Roteiro de curtas e média-metragem com o cineasta Emano Loureiro, Produção de vídeos com celular com Priscila Tapajowara, Documentários etnográficos com Carlos Bandeira. Os três são realizadores santarenos. Thatiane Almeida, diretora audiovisual que trabalhou em videoclipes de artistas como Emicida e Luiza Sonza, fará uma oficina de Produção de Videoclipes.

No outro sábado (27), haverá mais palestras e o encerramento com Painel de Debate onde estão convidados representantes do poder público e diretoria do Instituto Território das Artes (ITA), com o tema “Caminhos do Audiovisual na Amazônia: políticas públicas para o setor em meio à pandemia”.

Levando em consideração o cenário de pandemia e as recomendações da OMS, a realização do evento será de forma virtual e as inscrições feitas somente pelo site: territoriodasartes.org/olhaja/. É só clicar no botão de inscrição, preencher o formulário, e o link para as oficinas e palestras será enviado 24 horas antes das programações por e-mail e WhatsApp cadastrados.

A participação será por meio da plataforma Zoom Meeting. As oficinas serão fechadas somente para inscritos. A programação com palestras e Painel de debate serão transmitidos ao vivo pelas redes sociais do ITA.

Sobre o Instituto Território das Artes

O Instituto Território das Artes teve sua Assembleia de Fundação em março de 2020, em Alter do Chão (Santarém, Pará) e pretende institucionalizar a união de artistas, produtores e incentivadores da cultura amazônica na busca de oportunidades, políticas públicas, fomento e desenvolvimento da Economia da Cultura na região.

Enxerga na arte, a cultura e suas transversalidades fortes instrumentos de desenvolvimento. São atividades que unem sustentabilidade econômica, social e ambiental, quando os povos da floresta e centros urbanos amazônicos, são os protagonistas desse processo.  

Serviço:
O que? Seminário on line “Olha já”: caminhos do audiovisual na Amazônia
Quando? Dias 20 e 27 de junho
Quem? Instituto Território das Artes (ITA)

Contatos:
território.dir@gmail.com

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.0%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.2%
1.5%
3.1%
1.0%
57.7%