-
15/08/2020 às 10h00min - Atualizada em 15/08/2020 às 10h00min

Inauguração do Porto Futuro reúne diversas autoridades do Pará

A vice-prefeita de Ulianópolis, pastora Luciana Gineli, foi uma das participantes

Andréa Ferreira / Equipe Belem
Com edição do Belém.com.br
Iniciado em março de 2018, o projeto vai melhorar a logística e a trafegabilidade viária. (Foto: Igor Mota)
   
A inauguração da primeira etapa do projeto Porto Futuro reuniu diversas autoridades políticas em Belém. Na ocasião, a vice-prefeita de Ulianópolis, pastora Luciana Gineli, representou os interesses do município. O novo parque urbano será uma atração turística na capital paraense. Localizado próximo às margens da Baía do Guajará, a revitalização do parque urbano envolveu a abertura de via pública e restauro de praça.

A pastora Luciana pôde acompanhar de perto a vinda do presidente da República, Jair Bolsonaro, a Belém. A vice-prefeita também dialogou com o deputado federal Eder Mauro sobre projetos futuros.

A nova área portuária de Belém, localizada próximo às margens da Baía do Guajará, teve investimentos da União em 31,5 milhões, segundo o Ministério da Integração Nacional. O presidente Jair Bolsonaro, em sua fala, destacou a colaboração federal no combate da covid-19, no valor estimado em mais de R$2 bilhões para o estado do Pará, além da destinação de medicamentos, equipamentos, testes e materiais de proteção.

O local tem como objetivo impulsionar o turismo e comércio local, com expectativa de aproximadamente 8 mil pessoas circulem pelo local, gerando emprego e renda. Helder Barbalho, governador do Estado, ressaltou a importância da obra. “Belém vai desfrutar da sua beleza com essa nova obra. O espaço é fruto de um trabalho de muitas pessoas que colaboraram com momento em que vive o Pará”, enfatizou.

Iniciado em março de 2018, o projeto vai melhorar a logística e a trafegabilidade viária. Nesta primeira fase, está contemplado a construção de uma ponte sobre o canal da Avenida Visconde de Souza Franco (Doca); a abertura da Rua Belém, ligando a Avenida Pedro Álvares Cabral à Travessa Rui Barbosa; a criação de estacionamentos, praça gourmet e a reforma da Praça General Magalhães.

No momento, o Porto Futuro segue fechado para visitação pública.⁣ Como a gestão do espaço ainda é do Ministério do Desenvolvimento Regional, cabe à Companhia Docas do Pará (CDP) finalizar o processo de aquisição do local. Assim que for concluída esta última etapa, a CDP fará a cessão ao Estado, possibilitando a abertura do Porto à população.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.0%
1.4%
3.0%
1.1%
57.8%