-
25/08/2020 às 08h43min - Atualizada em 25/08/2020 às 08h43min

17 cidades do Pará recebem força-tarefa de combate ao sarampo

Municípios concentram a maioria dos casos confirmados da doença

Agência Pará
Com edição do Belém.com.br
A vacinação em massa visa atingir a população de 6 meses a 59 anos. (Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)
   
Com o objetivo de interromper a circulação dos casos de sarampo no Pará, 17 municípios vão receber uma força-tarefa de combate à doença. A ação é organizada pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e conta com o apoio do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).


Iniciada nesta segunda (24), a vacinação em massa visa atingir a população de 6 meses a 59 anos, principalmente a faixa etária de 20 a 49 anos, incluindo pessoas já vacinadas. As cidades atendidas são: Abaetetuba, Ananindeua, Augusto Corrêa, Barcarena, Belém, Benevides, Bragança, Breves, Cametá, Castanhal, Curuçá, Igarapé-Miri, Mãe do Rio, Marabá, Marituba, Moju e Novo Repartimento.

De acordo com a Divisão de Vigilância Epidemiológica da Sespa, de 1º de janeiro a 19 de agosto deste ano, o Pará confirmou 5.042 casos de sarampo, incluindo cinco óbitos, correspondendo a 64,6% do total de casos confirmados no Brasil, com uma incidência de 58,6 casos por 100 mil habitantes.
 
Cobertura estratégica 

Para reforçar as ações de combate ao sarampo, a Opas disponibilizou 28 veículos para serem utilizados durante a ação. "Com essa logística vamos fazer toda a cobertura estratégica, visitando, fiscalizando e estimulando a aplicação da vacina tríplice viral", disse o secretário adjunto de Políticas de Saúde da Sespa, Sipriano Ferraz.

Contágio

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, transmissível e extremamente contagiosa. A transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas, e tem início até seis dias antes do surgimento do exantema (manchas vermelhas na pele).

Todas as pessoas estão suscetíveis ao vírus e a única forma de prevenção é a vacina. Os principais sinais e sintomas do sarampo são febre, tosse, coriza, conjuntivite e manchas vermelhas na pele.

Com o aparecimento dos primeiros sintomas, a pessoa deve procurar imediatamente um serviço de saúde. Por isso, manter a caderneta de vacina atualizada é importante. 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.9%