-
10/09/2020 às 09h00min - Atualizada em 10/09/2020 às 09h00min

Corda do Círio chega à capital paraense nesta quinta (10)

A corda ficará exposta para que os fiéis possam pagar suas promessas

Agência Eko
Com edição do Belém.cm.br
A corda passou a fazer parte do Círio em 1885. (Foto: Uchoa Silva)
   
A Corda do Círio, um dos principais ícones da festividade, chega à capital paraense nesta quinta (10), por volta das 9h. Com o cancelamento das procissões e da Imagem Peregrina nas ruas, a corda ficará exposta em um determinado local para que os fiéis possam pagar suas promessas, mesmo que de forma diferenciada.

 
A partir de 23 de setembro, uma parte da corda ficará em exposição na Estação das Docas e a outra será usada para uma programação específica, envolvendo 95 paróquias de Belém. No sábado, dia 12, às 15h, o ícone será vistoriado pela Diretoria da Festa de Nazaré, no colégio Santa Catarina.

Produzida em Santa Catarina, a Corda do Círio é feita de sisal, tem 800 metros de comprimento, com 50 milímetros de diâmetro. Para chegar a Belém, ela foi dividida em duas partes de 400 metros e está adaptada às estações de metal que auxiliam no traslado das berlindas durante as romarias.
 
Histórico
 
A corda passou a fazer parte do Círio em 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la. Então, os animais foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a berlinda. Desde então, foi incorporada às festividades e passou a ser o elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis.
 
O Círio 2020

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Você concorda com o adiamento das eleições municipais para novembro?

84.9%
15.1%