-
30/10/2020 às 16h00min - Atualizada em 30/10/2020 às 16h00min

Chuvas rápidas e intensas no Pará devem continuar até dezembro

Fenômeno é causado por um conjunto de fatores climáticos

Agência Pará
Com edição do Belém.com.br
A expectativa é que chova pelo menos 200 ml até dezembro. (Foto: Arquivo/Agência Pará)
     
Uma combinação de resfriamento das águas do Oceano Pacífico, com o aquecimento do Oceano Atlântico, tem causado chuvas intensas e curtas na Região Metropolitana de Belém, assim como em todo o norte do Pará. O fenômeno, que também apresenta grande ocorrência de raios e fortes rajadas de vento, vai durar até o início do inverno amazônico, em dezembro.

Estas chuvas fortes são diferentes das observadas no típico inverno da região e devem gerar um índice pluviométrico acima da média do período. A expectativa é que chova pelo menos 200 ml até dezembro.

“Tecnicamente, a gente ainda não está no inverno amazônico, porque a característica principal deste período não é só a ocorrência de chuvas, mas de chuvas frequentes e volumosas. Além de um tempo encoberto, nublado, com temperaturas mais agradáveis. Agora, o que está acontecendo é a ocorrência de chuvas frequentes, mas com um detalhe importante, só no meio e no fim da tarde”, afirma Saulo Carvalho, coordenador do Núcleo de Hidrometeorologia da Semas

Uma combinação de fatores climáticos está causando essa característica atual das chuvas no norte do estado. “Desde o primeiro semestre de 2020, a gente tem observado um resfriamento das águas superficiais do sul do Oceano Pacífico, o que dá um indicativo de ocorrência do fenômeno conhecido como ‘La Niña’. Além disso, há o aquecimento nas águas do Oceano Atlântico. A combinação desses dois fatores altera toda a circulação atmosférica, aumentando o desenvolvimento de nuvens de chuvas”, afirma Saulo Carvalho.

Já o inverno amazônico é causado por outro fenômeno, como explica o coordenador. “No nosso inverno, entra um outro componente que é a zona de convergência intertropical, que atua desde dezembro até meados de maio, provocando não só a chuva em si, mas também aquele tempo encoberto durante o dia todo, com temperaturas máximas não passando de 32º”, explica o coordenador da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

9.9%
2.9%
2.6%
2.2%
4.7%
14.5%
1.5%
3.2%
1.1%
57.5%