-
21/02/2021 às 16h00min - Atualizada em 21/02/2021 às 16h00min

Governo agiliza processo de aquisição de vacinas da Índia e Rússia

A previsão é de compra de 30 milhões de doses até maio, dependendo da Anvisa

Agência Brasil
Com edição do Belém.com.br
A compra ainda depende da aprovação da Anvisa. (Foto: Agência Pará)

   
O Ministério da Saúde dispensou o uso de licitação para compra das vacinas Covaxin, da Índia, e Sputnik V, da Rússia. O objetivo é dar mais agilidade ao processo de aquisição desses imunizantes.

A compra ainda depende da aprovação para uso emergencial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No total, serão disponibilizadas para a população 10 milhões de doses da Sputnik V e 20 milhões da Covaxin.

As entregas devem começar em março e deverão seguir o seguinte cronograma:

Sputtnik V
Março: 400 mil
Abril: 2 milhões
Maio: 7,6 milhões
Total: 10 milhões de doses

Covaxin
Março: 8 milhões
Abril: 8 milhões
Maio: 4 milhões
Total: 20 milhões de doses.

O investimento previsto é de R$ 639,6 milhões na vacina russa e R$ 1,614 bilhão na vacina da Índia.
   

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

9.4%
1.8%
2.4%
2.9%
5.3%
13.5%
1.2%
5.3%
1.8%
56.5%