-
26/09/2019 às 10h05min - Atualizada em 26/09/2019 às 10h05min

Grupo de moradores se une para embelezar Belém

A ideia é aplicar grafites e pinturas no caminho da procissão do Círio

Jéssica Santana (estagiária, com revisão da jornalista Elck Oliveira DRT - 1847)
Jéssica Santana
O objetivo do projeto é incentivar a população a conservar a cidade e arrumar Belém para o maior evento religioso do Brasil (Foto: Jéssica Santana)

Outubro ainda não chegou, mas o mês – considerado um dos mais importantes para os belenenses, por conta da festa do Círio de Nazaré – já está mobilizando a cidade. É possível ver a capital paraense sendo tomada por enfeites, luzes e cartazes alusivos à festividade. Essa é a época em que os belenenses se unem em  prol da fé e da devoção pela santa, considerada como a padroeira do povo paraense.

Foi assim, por meio da fé e do amor pela cidade que nasceu o projeto "Abraçando Belém", iniciativa de um grupo de moradores da capital que resolveu se unir para fazer grafites com temáticas remetentes ao Círio e/ou com características regionais em muros de prédios abandonados, no caminho da procissão. A ideia é incentivar a população a conservar a cidade e arrumar Belém para o maior evento religioso do Brasil.  

O projeto "Abraçando" Belém tem como finalidade conscientizar a população não só em épocas festivas, mas, sim, o ano todo. A escolha dos locais já foi realizada e as pinturas serão criadas por um grupo de artistas voluntários. “É um sentimento de pertencimento que os paraenses sentem no Círio, pretendemos que se incorpore no dia a dia, entendendo que a cidade é nossa, e precisamos cuidar”, conta uma das organizadoras do projeto, Graça Ormanes.

Nesse início, o projeto vai ser implantado apenas pelo caminho da procissão, devendo ser expandindo por toda cidade posteriormente. “O tempo trabalha contra, mas se não der para fazer tudo o que se pretendia, valerá como início de um projeto maior em 2020”, completa Graça.

O grupo vai se reunir nesta quinta-feira (26), às 18h, na Galeria Fizanda, no Museu de Arte Sacra, em Belém, para dar início às ações. “Interessados em colaborar podem entrar em contato conosco, inclusive porque esse é só um ponto de partida. Temos diversas ações já pensadas, principalmente de cunho educativo para a população”, finaliza a organizadora.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O que mais você gostou no Círio 2021

0%
5.3%
52.6%
31.6%
10.5%