-
27/09/2019 às 08h57min - Atualizada em 27/09/2019 às 08h57min

Belém e Pará lançam o Dia D contra o Sarampo

O objetivo é interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença

Portal Belém
Agência Belém e Agência Pará
A campanha visa o atendimento de crianças de seis meses a menores de cinco anos e adultos de 20 a 29 anos (Foto: Oswaldo Forte/Comus)
A prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), lança oficialmente neste sábado (28), o Dia D de Vacinação contra o Sarampo, em 62 postos de vacinação, espalhados pela capital paraense, que irão funcionar das 8 às 17h, para o atendimento de crianças de seis meses a menores de cinco anos e adultos de 20 a 29 anos.
 
Em outros locais estratégicos, para a faixa etária de cinco a 29 anos, a mobilização municipal ocorrerá nos shoppings Bosque Grão Pará, Pátio Belém e Parque Shopping, das 10h às 20h; e nos supermercados Líder Doca, Formosa (Umarizal e Duque) e Nazaré (na rua São Francisco), das 8h às 19h.
 
O objetivo da ação é interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença. A vacinação municipal será realizada ainda nas seguintes etapas: 5 e 19 de outubro e 30 de novembro.
 
Rotineiramente, a vacina também é ofertada no dia a dia nas Salas de Vacina das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital, no horário das 8 às 17h. A meta é imunizar 95% da população citada, ou seja, mais de 36 mil pessoas.
 
Estado – O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), antecipou o lançamento do “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo para esta sexta-feira (27). A campanha será reforçada por uma estratégia de mídia no Estado que se estende até o dia 18 de outubro. A vacinação, contudo, segue após esta data.
 
O objetivo da antecipação é resgatar urgentemente a cobertura vacinal contra o sarampo e, assim, aumentar a proteção da população paraense, principalmente, por ocasião do Círio de Nazaré, quando ocorre intensa movimentação de pessoas vindas de outros municípios, Estados e países, onde a circulação do vírus está ativa.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual dos museus em Belém deveria ser visita obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer mais a cidade?

66.7%
4.8%
0%
9.5%
19.0%