-
29/07/2019 às 17h30min - Atualizada em 29/07/2019 às 17h30min

Soure é um dos destinos mais procurados durante o mês de julho

Município, localizado no arquipélago do Marajó, dispõe de inúmeras atrações durante as férias escolares

Portal Belém - Da Redação
A Banda Mizerê é uma das mais aguardadas pelos foliões que vão a Soure (Foto: Suellen Nunes)

Sol, céu, mar e gente bonita. Foi assim durante todo o mês de julho em Soure, na ilha do Marajó. Apenas no penúltimo final de semana das férias escolares, cerca de cinco mil pessoas passaram pelo município. Programações como o Festival de Verão, os concursos de beleza e a Parada LGBT atraíram um grande público. Das dez praias existentes no local, as mais procuradas foram a da Barra Velha e a do Pesqueiro, onde foi montado palco para apresentações de várias atrações nacionais e regionais. O veraneio no município já é uma tradição de pelo menos 20 anos.

Conhecida como “Pérola do Marajó”, Soure fica a duas horas de lancha da capital paraense. Com cerca de 25 mil habitantes, o município é um dos maiores produtores de queijo de búfala e artesanato de couro, que são exportadas para o mundo todo, impulsionando a economia local.  Além do veraneio, outras épocas festivas são procuradas por turistas de todos os cantos do País. “Nós estamos nos preparando para o Festival do Cavalo Marajoara, que acontece em outubro, e o Réveillon, que recebeu mais de 25 mil pessoas em 2018”, destaca o prefeito de Soure, Guto Gouveia.

Uma das atrações mais procuradas pelos turistas é o conhecido “Bloco Milove”, que acontece há três anos, e, neste ano, atraiu mais de cinco mil pessoas. Dividido em três dias de passeatas pelas principais ruas do município, o bloco teve chegada na casa de shows “Curral do Búfalo”. A micareta teve como atração principal a banda baiana Parangolé, seguido pela banda paraense Mizerê, e a tradicional aparelhagem Búfalo do Marajó. 

Há três anos sendo a principal atração da segunda noite do Bloco Milove, a banda Mizeré é sempre muito esperada pelos foliões. “A cada ano, a energia é mais contagiante e nós já ficamos ansiosos para esse show que é, sem dúvida, um dos mais esperados também pela banda”, conta o vocalista Márcio Lira.

Para Tamily Corrêa (27), que participa do bloco desde do primeiro ano, o arrastão é uma das principais programações do verão na ilha. “O bloco proporciona alegria não só para os sourienses, mas também para todos que chegam aqui à procura de diversão com a família e os amigos”, completa. 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.2%
1.5%
3.1%
1.0%
57.7%