13/05/2022 às 13h43min - Atualizada em 13/05/2022 às 13h43min

Canaã do Carajás tem procura muito baixa para vacinas da Gripe e Sarampo

O alerta foi feito pela Secretaria Municipal de Saúde

Com edição do Belem.com.br
Ascom Canaã do Carajás
Entre os idosos, apenas 53,2% se imunizaram. (Foto: Divulgação)

 

                                                                                                                     
A imunização contra a Gripe e contra o Sarampo, disponível em todas as Unidades de Saúde do município, está com procura muito baixa, segundo dados tabulados pela Secretaria Municipal de Saúde de Canaã do Carajás. Em relação à vacina contra a Gripe, dentre os grupos prioritários, apenas os profissionais de saúde e idosos ultrapassaram 50% de cobertura vacinal. Sendo que, entre os idosos, apenas 53,2% se imunizaram.


Entre as crianças, apenas 12,4% foram imunizadas. Já professores, puérperas (mulheres que deram a luz a até 45 dias), gestantes, e pessoas com comorbidades tem cobertura de vacina de menos de 5% do público estimado.

A vacina contra o Sarampo também tem procura baixa e menos de 9% das crianças que fazem parte do público alvo foram imunizadas.

As duas doenças podem ocasionar casos graves nos grupos de risco, são transmitidas por via área e a vacina é a melhor forma de prevenção.

A vacinação ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da zona urbana e rural das 8h às 12h e das 14h às 18h, exceto as unidades do Centro e do Vale dos Sonhos que realizarão a vacinação apenas das 8h às 12h.

Públicos alvo

A vacina contra a Gripe, nesta etapa, é destinada a idosos a partir dos 60 anos de idade e trabalhadores do setor da saúde, crianças, gestantes, puérperas, professores da rede pública e privada, indígenas, agentes de segurança e salvamento, membros das Forças Armadas, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiro urbano e de longo curso (motoristas e cobradores), população privada da liberdade e funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e pessoas com deficiência permanente.

Já a vacinação contra o Sarampo será destinada aos trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a cinco anos de idade.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »