-
03/11/2019 às 14h00min - Atualizada em 03/11/2019 às 14h00min

Espetáculo discute as dificuldades da comunidade LGBTQ+

Apresentações serão nos dias 7 e 8 de novembro, no teatro Waldemar Henrique

Rosiane Rodrigues (Estagiária do Portal Belém, com revisão da jornalista Elck Oliveira - DRT 1847)
Rosiane Rodrigues
Na peça, quatro amigos se encontram e descobrem algo em comum: o medo do preconceito e de buscar a felicidade. (Foto: Divulgação)

O padrão imposto pela sociedade sobre sexualidade e os impactos disso na comunidade LGBTQ+ são o tema central da peça teatral “Amores Coloridos”, da Cia Oliver Art., que contará a história de quatro personagens que vivem amores, alegrias, descobertas e medos. As apresentações serão sempre às 20h, nos dias 7 e 8 de novembro, no teatro Waldemar Henrique, em Belém.
 
Na peça, a companhia de teatro, que existe há quatro anos, mostra que esses amigos se encontram e descobrem algo em comum: o medo do preconceito e de buscar a felicidade ao lado de pessoas do mesmo sexo, comportamento rechaçado por grande parte da sociedade. Os atores recontam, através da peça, histórias reais, vividas por eles mesmos e por outros colegas LGBTQ+.
 
Segundo Kati Oliver, diretora do espetáculo, a proposta da peça surgiu de conversas entre pessoas que não se viam sendo representadas na sociedade. “A peça chega num momento em que continuamos vendo um aumento da violência contra pessoas LGBT’s. A peça também, de forma didática, reflete a presença de LGBTS em casa, se fazendo necessária essa discussão”, observa a diretora.
 
Ketellen por Deus, atriz que vive Bruna na peça, conta que a personagem tem grande significado para ela. “O processo dela de se assumir foi bem diferente do meu. Dando vida a essa personagem, eu consigo ver o quanto é difícil para um LGBT sair de uma família religiosa, porque, muitas vezes, essa pessoa se sente suja por ser diferente, sente-se oprimida”, relata a atriz.
 
Serviço:
Espetáculo “Amores Coloridos”
Data: 7 e 8 de novembro
Hora: 20h
Local: Teatro Waldemar Henrique
Valor do ingresso: R$ 10 (antecipado)/ R$ 20 na hora (aceita meia)
Informações: (91) 983100-6501

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%