-
20/08/2019 às 19h00min - Atualizada em 20/08/2019 às 19h00min

Santarém deve receber mais de R$ 300 milhões em investimentos privados nos próximos anos

Grandes empreendimentos, de diferentes áreas, têm se instalado na cidade nos últimos meses

Portal Belém, com informações da prefeitura de Santarém
Arquivo - Agência Pará
Santarém é uma terra de oportunidades. A afirmação está se consolidando com o bom momento que a economia local vive. A presença de novos empreendimentos já fixados e a perspectiva de novos segmentos diversos dão novo ânimo. Especialistas afirmam que a fase de ciclos ficou no passado. O município experimenta, agora, um novo tempo, com a presença de empresas de alta credibilidade, com o desejo de expandir sua área de atuação. As oportunidades se traduzem na geração de empregos, renda e dividendos ao município, com a expectativa de quase R$ 300 milhões em investimentos nos próximos anos.
 
De acordo com dados da Fundação Amazônia Paraense de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), Santarém é a 7ª economia do estado; a 1ª no ranking regional; participa com 3,04% na economia do Pará e contribui com 43,27% em sua região de integração – o Baixo Amazonas.
 
Fatores geográficos tornam o município uma alternativa viável para investimentos, um deles é sua localização privilegiada, considerada a melhor alternativa de entrada e saída do país, para a Europa, América do Norte e Ásia (via canal do Panamá). Essa localização, associada também a importância dos modais rodo e hidroviário fazem com que o município apresente todas as condições para a instalação de novos negócios.
 
"As pessoas estão acreditando em Santarém, voltaram a investir em nosso município, tanto o empresário local, como empreendedores de outros estados e de outros países. Eles estão vindo, apostando no município, trazendo recursos, gerando emprego, renda e melhorando a nossa arrecadação própria, principalmente o ISS, nos ajudando a ultrapassar ano passado a barreira dos R$ 3 milhões", pondera prefeito do município, Nélio Aguiar.
 
Investimentos – Grandes empresas vislumbram todo o potencial de Santarém. Para os próximos anos, a economia do município deve receber uma injeção de aproximadamente R$ 300 milhões. São segmentos variados, desde o transporte e distribuição de combustíveis à rede atacadista de supermercados.
 
Bons exemplos não faltam, começando pela Raízen. A gigante brasileira com presença nos setores de produção de açúcar e etanol, transporte e distribuição de combustíveis e geração de bioeletricidade, projeta movimentar para os próximos cinco anos mais de 700 milhões de litros de combustíveis, a partir do arrendamento de uma segunda área do porto público da CDP. Serão, aproximadamente, R$ 175 milhões, de investimentos e expectativa de geração entre 300 a 400 empregos diretos e 50 indiretos.
 
A Louis Dreyfus Company (LDC) é uma companhia que está apoiada sobre uma sólida base de ativos, atuando na originação e produção; processamento e refino; armazenamento e transporte; pesquisa e comércio e customização e distribuição de produtos agrícolas. Está entre as dez maiores exportadoras do país e presente em mais de 10 estados. Em Santarém, o volume previsto de exportação de soja e milho, além da importação de fertilizantes deve chegar a dois milhões de toneladas. A empresa planeja investir R$ 84 milhões e empregar cerca de 180 colaboradores diretos, além de contratados de empresas terceirizadas.
 
O município também recebe investimentos na área de supermercados, especificamente quando o assunto é vendas por atacado. A rede Avante, instalada desde 2016, em Santarém, está expandindo sua estrutura com filiais instaladas fora da área central. A expansão está orçada em aproximadamente R$ 28 milhões, com geração de 180 empregos diretos.
 
Ainda na área de logística, a novidade é a Behidro, pertencente a Transportes Bertolini. O investimento é de aproximadamente R$ 10 milhões, com 100 empregos diretos. A empresa tem sede estrategicamente localizada em Santarém e conta com uma estrutura completa de serviços de reparação naval.
 
As instalações são compostas por oficinas flutuantes, totalmente equipadas, elevadores de popa, diques flutuantes, elevadores hidráulicos e carreira.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.9%