-
18/11/2019 às 11h21min - Atualizada em 18/11/2019 às 11h21min

Festival de Ópera do Theatro da Paz apresenta concerto sinfônico da sua Orquestra

Apresentação terá regência do maestro titular Miguel Campos Neto

Agência Pará
Ensaio da comédia "II Matrimônio Segreto", também apresentada no XVIII Festival de Ópera do Theatro da Paz. (Foto: Bruno Cecim/Agência Pará)
O XVIII Festival de Ópera do Theatro da Paz apresenta mais um concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) nesta terça-feira (19), às 20h​, no Theatro da Paz. O espetáculo terá regência do maestro titular Miguel Campos Neto e conta com a participação dos alunos do ​primeiro Curso de Formação em Ópera. 

Para abrir o concerto, a orquestra apresenta a abertura da ópera "A Flauta Mágica" de Mozart, com ritmos contrastantes e vivos, além de obras dos italianos Giuseppe Verdi, Giacomo Puccini e Gaetano Donizetti.

Para o maestro Miguel Campos Neto, que também é diretor artístico do festival, a participação dos alunos do primeiro Curso de Formação em Ópera é fundamental como parte do processo de aprendizagem para atuar em alto nível em espetáculos operísticos.

"Tocar com uma orquestra profissional é muito importante para jovens em formação, e além do caráter pedagógico, a participação deles tem um efeito de incentivo, de empolgação. É importante para o público saber que estão olhando futuros profissionais, como Adriane Queiroz, Atalla Ayan, dois paraenses e grandes nomes da ópera, que começaram da mesma forma, cantando papéis pequenos e foram crescendo", comenta Miguel.

O maestro acrescenta que além de produzir espetáculos, é uma diretriz também do Festival de Ópera promover a formação de agentes que atuam na área da cultura. “Então, estamos empenhados nisso, em formar bons profissionais do ramo operístico". 


Programa

W. A. MOZART (1756 - 1791)

Abertura da Ópera “A flauta mágica” 

A flauta mágica - Hm! Hm! Hm! Hm! (Quinteto)

1ª Dama: Ione Carvalho (soprano)

2ª Dama: Hosana Ramos (soprano)

3ª Dama: Denise Dacier (mezzo-soprano)

Tamino: Hugo Barbosa (tenor)

Papageno: Oséas Duarte (barítono)

 

Così fan tutte - La mia Dorabella (Trio)

Ferrando: Marcos Vigário (tenor)

Guglielmo: Ytanaã Figueiredo (barítono)

D. Alfonso: Milton Monte (barítono)

 

Così fan tutte - Soave sia il vento

Fiordiligi: Adriane Gabriele (soprano)

Dorabella: Denise Dacier (mezzo-soprano)

D. Alfonso: Oséas Duarte (barítono)

 

Così fan tutte - Alla bella Despinetta (Sexteto)

Fiordiligi: Kézia Andrade (soprano)

Dorabella: Elisabeth Moura (soprano)

Despina: Juliana Kreling (soprano)

Ferrando: João Carlos Prata (tenor)

Guglielmo: Ytanaã Figueiredo (barítono)

D. Alfonso: Milton Monte (barítono)

 

G. DONIZETTI (1797 - 1848)

L’Elisir d’amore - Una parola, o Adina (Dueto)

Adina: Kézia Andrade (soprano)

Nemorino: Alexsandro Brito (tenor)

Intervalo

L. VAN BEETHOVEN (1770-1827)

Abertura da Ópera Fidelio

 

Fidelio - Mir ist so wunderbar (Quarteto)

Marzelline: Dulcianne Ribeiro (soprano)

Leonore: Elizabeth Moura (soprano)

Jaquino: Josué Costa (tenor)

Rocco: Milton Monte (barítono)

 

G. PUCCINI (1858-1924)

La Bohème - In un coupè? … O Mimì tu più non torni (Dueto)

Rodolfo: Andrew Lima (tenor)

Marcello: Idaias Souto (barítono)

 

G. VERDI (1813-1901)

Rigoletto - Figlia! ... Mio padre! (Dueto)

Gilda: Ione Carvalho (soprano)

Rigoletto: Idaias Souto (barítono)

 

G. PUCCINI (1858-1924)

Intermezzo da Ópera Manon Lescaut

 

La Rondine - Bevo al tuo fresco soriso (Quarteto)

Magda: Lanna Bastos (soprano)

Ruggero: Andrew Lima (tenor)

Lisette: Rebeca Leitão (soprano)

Prunier: Mário Ícaro (tenor)

 

Serviço:

A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresenta nesta terça-feira (19), às 20h, um concerto sinfônico com trechos de ópera. A entrada é franca e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do Theatro no dia 19/11, uma 1h30 antes do espetáculo, com limite de dois ingressos por pessoa. As entradas também serão disponibilizados a partir de 9h desta segunda-feira (18) pelo Ticket Fácil, com taxa de conveniência do site a R$ 2 por ingresso.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.3%
1.4%
3.1%
1.0%
57.6%