-
20/11/2019 às 14h56min - Atualizada em 20/11/2019 às 14h56min

Fotógrafa paraense pede ajuda para participar de reality em SP

Naiara é a primeira paraense a ser selecionada para participar do programa

belem.com.br
Assessoria de Comunicação do evento
Naiara atua como arte educadora e desenvolve uma extensa produção fotográfica no Ver o Peso e na periferia de Belém (Foto: Reprodução/ Facebook)

A fotógrafa paraense Naiara Jinknss faz campanha de financiamento coletivo para participar do programa Arte na Fotografia, o primeiro reality show sobre fotografia do Brasil, coproduzido pelo canal Arte 1 e a Cine Group, com mentoria de Eder Chiodetto, curador especializado em fotografia, e de Cláudio Feijó, fotógrafo e educador. Para doar, você pode acessar este link.
 
O programa é uma competição entre seis fotógrafos em busca da produção de um trabalho autoral e cada episódio aborda um tema relacionado à fotografia, como fotojornalismo, moda, dança, esporte, entre outros. Fotógrafos são convidados para serem jurados e a premiação final é um kit completo de equipamentos fotográficos.
 
Naiara é a primeira paraense a ser selecionada para participar do reality. Realizado e gravado em São Paulo, cada participante é responsável pela passagem e estadia na cidade por duas semanas, por isso a fotógrafa conta com a ajuda de amigos, familiares e apreciadores do trabalho que ela desenvolve em Belém.
 
Para concorrer na seleção, Naiara conta que precisou enviar uma série com seis fotografias e um vídeo de um minuto se apresentando e falando porque ela deveria ser escolhida. "Quando recebi o e-mail da pré-seleção tentei não ficar ansiosa, até receber uma ligação confirmando que eu havia sido selecionada, então precisei correr para tentar custear a minha ida e estadia em São Paulo", comenta Naiara.
 
Visibilidade
 
Para Naiara, participar do programa é mais do que competir pelo prêmio, é dar visibilidade para artistas nortistas. "Penso a fotografia como instrumento de mudança individual e coletiva, podendo assim transformar indivíduos e dar novos significados a uma história única. Para mim não se pode separar o fotógrafo de seu trabalho, por isso existe a necessidade de estarmos atentos e a observar o discurso de quem documenta algo, principalmente quando falamos de Norte/Amazônia - lugar marcado pelo estereótipo do indígena e marginalização de corpos negros em milhares de imagens de fotógrafos de dentro e fora da região. Fotografia é linguagem e quem a domina, detém o privilégio de narrar uma história. Expandi essas reflexões me faz querer estar no programa, além do prêmio", finaliza.
 
Sobre Naiara
 
Graduada em Artes Visuais, Naiara atua como arte educadora e desenvolve uma extensa produção fotográfica no Ver o Peso e na periferia de Belém. Começou a fotografar com uma câmera que ganhou da avó no primeiro ano de graduação e compartilha diariamente sua produção nas redes sociais. Já participou de exposições coletivas e sempre é convidada para falar sobre fotografia humanista.
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.1%
2.8%
2.7%
2.4%
4.6%
14.2%
1.5%
3.1%
1.0%
57.7%