-
27/11/2019 às 09h52min - Atualizada em 27/11/2019 às 09h52min

Vereadores de Tucuruí abrem CPI para investigar Celpa

Onze dos 13 vereadores da casa assinaram a abertura da CPI

belem.com.br
belem.com.br
Entre outras coisas, a CPI pretende investigar os cortes de fornecimento de energia elétrica em desfavor dos moradores de Tucuruí nos últimos cinco anos (Foto: Rauber Soares/ Decom - PMT)

Os vereadores do município de Tucuruí, no sudeste paraense, implantaram, neste último final de semana, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar os abusos e desmandos da Celpa, concessionária de energia elétrica que atende o Pará, naquele município.
 
Recentemente, até a prefeitura de Tucuruí teve sua energia elétrica cortada, mesmo havendo decisão judicial que proibia tal atitude. Nesse caso, haverá apuração se houve abusividade por conta da empresa. Além disso, entre outras coisas, a CPI pretende investigar os cortes de fornecimento de energia elétrica em desfavor dos moradores de Tucuruí nos últimos cinco anos.
 
A CPI quer ter acesso aos processos e reclamações oficializados ao Procon de Tucuruí contra a concessionária.
 
Os vereadores também vão investigar a forma como é cobrada do cidadão a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), já que, na cidade, segundo os vereadores, há “milhares de unidades (postes) sem funcionamento (luz apagada)”. Os parlamentares querem saber os valores arrecadados com essa contribuição e se deles são prestadas contas aos órgãos competentes, como Câmara Municipal e Tribunal de Contas dos Municípios.
 
Por fim, o legislativo municipal ainda objetiva averiguar como está a situação da empresa perante o fisco do município, se está em dia ou não com o recolhimento dos tributos devidos.
 
Assinaram o pedido de CPI onze dos 13 vereadores de Tucuruí.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.2%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%