-
28/11/2019 às 17h30min - Atualizada em 28/11/2019 às 17h30min

Amazônia Jazz Band e Bole Bole realizam concerto

belem.com.br
Agência Pará
O show vai unir o erudito e o popular no coração do Guamá (Foto: Reprodução/ Facebook)
   
Encerrando a programação do Preamar da Consciência Negra em grande estilo, o governo do Pará, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), organizou um momento inédito, unindo o erudito e o popular no coração do Guamá, um dos sete territórios atendidos com ações e políticas públicas desenvolvidas pelo Programa Territórios Pela Paz (TerPaz).
 
A ação cultural ficará por conta da Amazônia Jazz Band, que apresentará um concerto com cerca de 50 ritmistas da Escola de Samba Bole Bole, neste sábado (30), às 19h, na Escola de Samba Bole Bole, em Belém. A abertura será com a Banda de Fanfarra da Escola Barão de Igarapé-Miri, em uma iniciativa que descentraliza as ações de cultura dos espaços tradicionais da capital.
 
O Preamar da Consciência Negra se configurou como um mês de programação diversa e plural, que reconheceu e valorizou os saberes e fazeres do povo negro, que tanto contribuiu na construção da rica cultura paraense. A intenção da Secult era celebrar a importância da cultura negra na formação do povo brasileiro e promover uma reflexão sobre a ancestralidade africana, fundamental para a identidade do País e do Pará.
 
Na oportunidade, Ursula Vidal, secretária de Estado de Cultura, irá anunciar os contemplados pelo 'Prêmio Preamar de Cultura Popular', um edital simplificado e oferecido aos fazedores de cultura - pessoa física - em atuação há pelo menos um ano. O Prêmio descentraliza as atividades culturais para o interior do Estado, contemplando as regiões de integração e os 7 (sete) territórios de vulnerabilidade social integrantes do programa TerPaz.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.2%
2.9%
2.7%
2.4%
4.5%
14.1%
1.4%
3.1%
1.0%
57.7%