-
14/01/2020 às 20h00min - Atualizada em 14/01/2020 às 20h00min

Bloco Filhos de Glande homenageia Elza Soares

Os brincantes poderão viver a primeira parte da homenagem já no próximo dia 8 de fevereiro, quando ocorre o Megabaile da Glande

Assessoria de Comunicação do evento
Com edição do belem.com.br
"Deusa é Elza" é o tema do bloco (Foto: Marcos Hermes)
   
A mulher do fim do mundo é quem vai dar o tom do carnaval do Filhos de Glande em 2020. O bloco que nos últimos anos homenageou ícones como Dona Onete, Caetano Veloso e Gilberto Gil; desta vez leva para a avenida as letras potentes da cantora que aos 82 anos, segue como uma das vozes mais relevantes da música brasileira. "Deusa é Elza" é o tema do bloco.

Os brincantes poderão viver a primeira parte da homenagem já no próximo dia 8 de fevereiro, quando ocorre o Megabaile da Glande, na Casa Mangueirosa. No evento, quem dá o tom da homenagem é a cantora paraense Joelma Klaudia, apresentando um show em tributo à Elza Soares junto a Orquestra Carnafônica Filhos de Glande. No palco ela ainda recebe as cantoras Gláfira e Nega Rô como convidadas. A banda pernambucana Academia da Berlinda também é uma das atrações do baile.

"Esta será a terceira edição do nosso tributo à Elza Soares e acredito que será a mais poderosa, porque iremos estrear o show na maior festa brasileira, que é o nosso carnaval", diz Joelma sobre os preparativos da apresentação.

Para o Megabaile, as canções da artista que sempre teve o samba como estandarte de sua história na música, ganham novos arranjos com a cara do carnaval. "Vamos deixar esse momento mais especial ainda. Já escolhemos com carinho e respeito o repertório. Meu look será de Elza dos anos 70", conta Joelma, animada.

Renée Chalu, uma das fundadoras do Filhos de Glande, conta que não faltavam motivos para ter Elza Soares como homenageada do bloco. "Escolhemos ela pela brilhante carreira musical. Somos todos muito fãs da Elza, ela é uma grande sambista, uma grande intérprete, e já foi escolhida como a voz do milênio pela BBC. Ultimamente ela tem feito trabalhos maravilhosos como 'A Mulher do Fim do Mundo' e 'Planeta Fome'. É uma carreira longa, cheia de brilho e muito talento, e a gente faz questão de exaltar a obra dela".

Sobre Elza Soares

Em 1999 Elza Soares era escolhida a voz brasileira do milênio, pela rádio britânica BBC. Mas a virada para os anos 2000 não a parou, muito pelo contrário. Conhecida pela voz rouca e interpretações carregadas de emoção, foi em 2015 que Elza voltou a cenário musical como uma das principais vozes da música de protesto do país, com o lançamento do aclamado álbum "A Mulher do Fim do Mundo". O clamor "me deixe cantar até o fim" ganhou o país, e ela continuou. Em 2018 lançou "Deus é Mulher"; e em 2019, "Planeta Fome", novamente com mensagens potentes. 

Bloco terá ainda mais atrações em 2020

O Megabaile da Glande é o primeiro grito de carnaval do bloco, e além do show com a Orquestra Carnafônica e Joelma Klaudia, o evento recebe a banda de pernambucana Academia da Berlinda, no dia 8 de fevereiro, na Casa Mangueirosa. Já o tradicional arrastão do Filhos de Glande ocorre no dia 25 de fevereiro, na terça-feira de carnaval, encerrando o Circuito Mangueirosa, com shows gratuitos no Complexo do Ver-o-Rio. De lá, o bloco sai em cortejo até a Casa Mangueirosa, onde ocorre a última festa do circuito.

Serviço:
Bloco Filhos de Glande 2020
Megabaile da Glande com Academia da Berlinda
Dia 8/02, às 21h;
Local: Casa Mangueirosa;
Ingressos a partir de R$ 35, disponíveis na plataforma Ingresse.com e pontos de venda física: Ná Figueredo, Paulo Tattoo Studio (Boulevard Shopping), e Amazon Deli Coffee.

Desfile do Bloco Filhos de Glande
Dia 25/02;
Local: Complexo Ver-o-Rio (Av. Mal. Hermes, 1374 - Umarizal)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

Qual ‘brega marcante’ mais representa esse ritmo musical em Belém?

10.3%
2.9%
2.5%
2.3%
4.7%
14.1%
1.4%
3.0%
1.1%
57.6%