-
03/09/2019 às 15h02min - Atualizada em 03/09/2019 às 15h02min

Cursinho popular ajuda alunos da periferia na preparação para o Enem 2019

O cursinho é a esperança de quem sonha em cursar o nível superior

Portal Belém
Alunos realizando simulados no cursinho Ruth Rosita (Foto: Ruth Rosita).
A Escola Estadual Ruth Rosita, no Guamá, criou um cursinho popular para que os alunos da comunidade pudessem se preparar para o Enem 2019. As aulas são gratuitas e ocorrem todos os dias.
 
Ao ver que os alunos da escola e a comunidade não tinham condições de pagar um curso preparatório para o Enem, o professor de Química, Nilson Santos, teve a ideia de criar o cursinho popular. Houve dificuldade, por se tratar de trabalho voluntário, mas hoje o cursinho é um sucesso.

“As pessoas não querem se dispor a trabalhar de graça. Por ser professor da universidade, recrutei docentes estagiários de instituições como Fibra (Faculdade Integrada Brasil Amazônia) e a UFPA (Universidade Federal do Pará). Agora, com maior visibilidade do curso, surgem professores de outras escolas interessados em participar”, disse o professor.
 
O curso preparatório, que começou em março 2017, deu certo. Hoje tem até lista de espera, com 200 alunos, aguardando para ingressar nas turmas. “O projeto atende alunos da escola, ex-alunos e a comunidade. Vemos isso como um pacto social muito grande. Para nós, ter o projeto dentro da escola é um grande desafio, mas fazemos com muito gosto, com muita gratidão, porque é o papel da escola”, afirmou a vice-diretora da escola, Vilcilene Duarte.
 
Para o professor de História, Guilherme Aguiar, um dos professores voluntários do projeto, é um privilégio poder ajudar os alunos no sonho de entrar na universidade. “Ajudá-los é contribuir minimamente com meu compromisso de cidadão, que escolheu a profissão de educador”, disse Guilherme.
 
Como tudo é voluntário, a equipe pedagógica da escola busca ajuda governamental e de Organizações Não Governamentais (ONGs) para manter o cursinho, que tem média de 50% de aprovação. “O cursinho significa uma oportunidade de entrar em uma universidade e conquistar um sonho na minha vida”, disse a aluna Michelle Patrícia Pinto, 43 anos, que busca uma vaga no curso de Serviço Social.
 
Quem tiver interesse em ajudar o cursinho popular pode entrar em contato pelo número: (91) 98110-5758 - Lene.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
-

O que mais você gostou no Círio 2021

0%
5.3%
52.6%
31.6%
10.5%